Resenha: THE TOWN – Harry Gregson-Williams, David Buckley (Trilha Sonora)


Música composta por Harry Gregson-Williams, David Buckley
Selo
: Silva Screen Records
Catálogo: SILCD1343
Lançamento: 14/09/2010
Cotação***

Harry Gregson Williams, responsável pelas trilhas da quadrilogia Shrek e muitos longas de ação, como Deja Vu e Príncipe da Pérsia, volta a fazer parceria com o ator/roteirista/diretor Ben Affleck com o score de Atração Perigosa (The Town), novamente sendo auxiliado pelo compositor David Buckley (ambos já compuseram juntos diversas vezes).

A trilha de The Town é minimalista e inteligente, sendo que sua primeira faixa, “Charlestown”, serve como uma introdução para a trama, nos passando a impressão de as cordas estarem “se aquecendo” antes de tocarem em uma sinfonia. “Bank Attack” se destaca por sua inteligência através das notas, onde há tensão expressa pela utilização de instrumentos eletrônicos, que conduzem a faixa de modo extremamente único e original.

“Doug Reflects” tem como o destaque o uso da guitarra como instrumento principal da faixa, que traz um aspecto nostálgico e forte para o score. “FBI Show & Tell” é precisa, mas não o suficiente para ser diferente de qualquer outra faixa de uma trilha policial. Já “OxyContin” lembra a primeira, mas consegue ser mais bela e etérea, dando um toque luxuoso ao score.

Outras faixas, como “Healing And Stealing”, no qual o uso do piano eleva extremamente o nível da partitura, “The Necklace”, que utiliza muito bem as cordas, e “Cathedral of Boston” que tem um clima mais peculiar e inteligente, conseguem brilhar em um trabalho que muitas vezes se torna minimalista demais, detalhista demais, sem ter muito o que nos passar, tornando-se um ponto despercebido na trama.

Fugindo um pouco do óbvio, “Making The Switch” emprega cordas, musica eletrônica e percussão, onde o resultado é uma mistura de instrumentos que dá certo. Já “Sunny Days” é a faixa mais bela da trilha, enquanto “Leaving” traz um tom mais dramático, com destaque para os violinos que se destacam de modo harmônico. Por fim “The Letter” traz o tema principal, com um piano e violino nostálgicos e cordas de fundo.

É uma boa trilha sonora, mas creio poderíamos esperar mais dela. Às vezes é bela, outras vezes é cansativa, não existindo um equilíbrio que possa fazer com que este score se sobressaia a ponto de poder ser incluído entre os melhores trabalhos da colaboração entre Gregson-Williams e Buckley.

Faixas:

1. Charlestown
2. Bank Attack
3. Doug Reflects
4. FBI Show & Tell
5. OxyContin
6. Healing And Stealing
7. Nuns With Guns
8. The Necklace
9. The Wreath
10. Cathedral Of Boston
11. Fenway
12. Who Called 911?
13. Making The Switch
14. Sunny Days
15. Leaving
16. The Letter

Duração: 41:52

Viviana Ferreira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s