Assista à interpretação ao vivo de “Time”, da trilha original de A ORIGEM


Assista à interpretação ao vivo da faixa “Time” da trilha sonora original de A Origem (Inception), gravada na premiére norte-americana do filme de Christopher Nolan, com o compositor Hans Zimmer no piano e Johnny Marr na guitarra:

Resenha: PREDADORES (Filme em Destaque)


PREDADORES (Predators, EUA, 2010)
Gênero: Ficção Científica
Duração: 107 min.
Elenco:  Adrien Brody, Topher Grace, Alice Braga, Walton Goggins, Oleg Taktarov, Laurence Fishburne, Danny Trejo, Louis Ozawa Changchien, Mahershalalhashbaz Ali, Carey Jones, Brian Steele, Derek Mears
Compositor: John Debney
Roteiristas: Alex Litvak, Michael Finch
Diretor: Nimród Antal
Cotação: ***

O PREDADOR (1987), apesar de ser cultuado tanto na ficção científica como no gênero ação, não teve sorte com suas sequências – PREDADOR 2 (1990), sem Arnold Schwarzenegger e colocando o célebre alienígena em um ambiente urbano, não repetiu o sucesso do original, e os dois crossovers ALIENS VS. PREDADOR resultaram em filmes na melhor das hipóteses medíocres. Mas isso, até agora. Este PREDADORES (PREDATORS, 2010) dirigido por Nimród Antal baseado em um projeto Robert Rodriguez (também um dos produtores do novo filme) abortado nos anos 1990, chegou para mudar este quadro. Continuar lendo Resenha: PREDADORES (Filme em Destaque)

Resenha: O BEM AMADO (Filme em Destaque)


O BEM AMADO (Brasil, 2010)
Gênero: Comédia
Duração: 110 min.
Elenco:  Marco Nanini, José Wilker, Caio Blat, Maria Flor, Matheus Nachtergaele, Zezé Polessa, Andréa Beltrão, Tonico Pereira, Drica Moraes, Bruno Garcia, Edmilson Barros
Compositores: Caetano Veloso, Mauro Lima, Berna Ceppas, Kassin
Roteiristas: Guel Arraes, Claudio Paiva
Diretor: Guel Arraes
Cotação: **½

O melhor e o pior de O BEM AMADO (2010), a terceira encarnação da obra de Dias Gomes, são justamente os seus brilhantes diálogos, especialmente os de Odorico Paraguaçu, aqui interpretado por Marco Nanini. Guel Arraes, com seu cinema excessivamente verborrágico, não nos deixa tempo para respirar com tantas falas e montagem corrida. Apesar de não questionar a inteligência e a espirituosidade do vocabulário de Odorico, foram poucas as vezes que ri de verdade. O que já é comum nas comédias de Arraes. Assim, O BEM AMADO guarda muitas semelhanças com O AUTO DA COMPADECIDA (1999) e LISBELA E O PRISIONEIRO (2003). O personagem de Caio Blat, por exemplo, parece estar imitando o Selton Mello o tempo inteiro. Continuar lendo Resenha: O BEM AMADO (Filme em Destaque)

Resenha: Inception – Hans Zimmer (Trilha Sonora)


Música composta por Hans Zimmer
Selo: WaterTower Music/Reprise
Catálogo: 524667-2
Lançamento: 13/07/2010
Cotação***** 

Hans Zimmer está com certeza na minha lista top 10 de compositores. Compositor inteligente e criativo, ele vem atravessando sua melhor fase, compondo trilhas cada vez mais elaboradas e de qualidade. Em Inception – que no Brasil se chamará A Origem – ele faz uma trilha que inicialmente é simples por não ter variações em termos de notas; mas que consegue nos passar o mistério e a fantasia necessários para a trama, tornando seu score inesquecível e já se pondo como a grande trilha do ano até o presente momento. Para a execução da trilha, Hans chamou o guitarrista e ex-membro do grupo The Smiths, Johnny Marr, o que dá um nível a mais na produção do score.

A trilha começa com a faixa “Half Remembered Dream”, que mistura o tema principal a violoncelos e instrumentos de sopro pesados, que após dão lugar à violinos em andamento pianinho com a trilha novamente em um crescente no final. Em “We Built Our Own World” as cordas aparecem em uma melodia tensa mais nostálgica, onde há um piano de fundo assim como suaves instrumentos eletrônicos para “pesar” um pouco mais a harmonia da faixa. Já em “Dream is Collapsing” há plena participação de Johnny Marr, onde através de sua guitarra misturada à orquestra e a sintetizadores eletrônicos, é criada uma atmosfera de mistério e apresentação do desconhecido através de suas notas. Continuar lendo Resenha: Inception – Hans Zimmer (Trilha Sonora)

Resenha: O PREDADOR (Blu-ray)


Produção: 1987
Duração: 107 min.
Direção: John McTiernan
Elenco: Arnold Schwarzenegger, Carl Weathers, Elpidia Carrillo, Bill Duke, Jesse Ventura, Shane Black, R. G. Armstrong, Kevin Peter Hall
Vídeo: Widescreen Anamórfico 1.85:1 (1080p/AVC MPEG-4)
Áudio: Inglês (DTS-HD Master Audio 5.1), Português, Espanhol (Dolby Digital 5.1)
Legendas: Português, Inglês, Espanhol
Região: A, B, C
Distribuidora: Fox
Discos: 1
Lançamento: 21/07/2010
Cotações: Som: **** Imagem: **½ Filme: **** Extras & Menus: **** Geral: ***½

SINOPSE
Recrutados pela CIA para resgatar reféns mantidos pelos guerrilheiros em um país da América central, Arnold Schwarzenegger e seus homens encontram um inimigo muito mais mortal do que qualquer outro sobre a face da Terra: um alienígena caçador, contra quem suas mais eficazes armas são inúteis. Continuar lendo Resenha: O PREDADOR (Blu-ray)

Assista ao vídeo da gravação do novo arranjo do tema do remake de Havaí 5-0


A clássica série de TV Havaí 5-0 está ganhando uma refilmagem para a TV, e o antológico tema de Morton Stevens não poderia faltar na abertura. No vídeo abaixo assista aos bastidores da regravação do tema por Brian Tyler, que será o compositor da série. A sessão contou com a participação de 35 músicos, entre eles David Duke, Chuck Findley (metais) e Bob Zimmitti (percussão), que interpretaram o tema original. O remake da série estreia nos EUA no dia 20 de setembro, e felizmente a versão eletrônica do tema, ouvida nos primeiros promos da ABC, foi descartada.

Resenha: PREDATORS – John Debney (Trilha Sonora)


Música composta por John Debney
Selo: La-La Land Records
Catálogo: LLLCD 1141
Lançamento: 21/07/2010
Cotação****  

Certo, admito que o score de John Debney para Predatores (Predators) conquistou meu lado fanboy. Além do fato de sua trilha sonora possuir o tom da música original que Alan Silvestri criou para a franquia, há alguma coisa no lado orquestral do trabalho de Debney que realmente me agrada. Mas vamos voltar um pouco. Continuar lendo Resenha: PREDATORS – John Debney (Trilha Sonora)