Morre John Barry


Mais um dos grandes se vai. O vencedor do Oscar John Barry, que ganhou fama nos anos 1960 com suas clássicas trilhas sonoras para os filmes de James Bond, faleceu ontem aos 77 anos. O compositor britânico, segundo seu colega e amigo David Arnold,  foi vítima de um ataque cardíaco fulminante. Nascido em York, Inglaterra, no dia 03 de novembro de 1933, Barry começou trabalhando na música de programas da BBC e fazendo arranjos orquestrais para o selo EMI, até ser contratado para colaborar na trilha que Monty Norman estava compondo para a primeira aventura cinematográfica de James Bond, 007 Contra o … Continuar lendo Morre John Barry

Resenha: THE RITE – Alex Heffes (Trilha Sonora)


Música composta por Alex Heffes
Selo: Silva Screen
Catálogo: SILCD1356
Lançamento: 08/02/2011
Cotação: ****

Chegando aos cinemas americanos neste final de semana, The Rite (O Ritual), estrelado por Sir Anthony Hopkins. conta a história de um padre que vai até a Itália para desvendar um mistério que envolve o exorcismo de um tio de um jovem seminarista, sendo ajudado por uma jornalista do local (interpretada pela brasileira Alice Braga). Para um filme com esta temática misteriosa, o inglês Alex Heffes foi encarregado de compor a trilha sonora, não decepcionando em seu resultado. O álbum será lançado dia 08 de fevereiro pelo selo Silva Screen.

“The Procedure” começa com um piano delicado, e vai se misturando ao longo da melodia com instrumentos eletrônicos, que mostram-se contidos e minimalistas. “Going to Rome” já é mais poderosa, onde ao longo do andamento os instrumentos vão ocupando mais espaço na faixa, que tem o tema do filme ao piano, intercalado com cordas e um coro gregoriano de fundo, muito bem executada e bem feita, terminando com uma flauta de pan. Continuar lendo “Resenha: THE RITE – Alex Heffes (Trilha Sonora)”

Resenha: DOCTOR WHO SERIES 5 – Murray Gold (Trilha Sonora)


Música composta por Murray Gold, regida por Ben Foster
Selo: Silva Screen
Catálogo: SILCD1345
Lançamento: 08/11/2010
Cotação: ****½

A longeva série britânica Doctor Who, exceto por seu famoso tema eletrônico composto por Ron Grainer, nunca foi, musicalmente falando, especialmente memorável. Mas isto mudou com a estreia da sua nova fase em 2005, supervisionada por Russell T. Davies e com  o compositor Murray Gold se encarregando de dar uma nova roupagem ao tema de Grainer e criar os scores para cada episódio. E tanto mudou que a música da série acabou tendo destaque em dois bem sucedidos concertos da BBC, o último realizado em 2010. Continuar lendo “Resenha: DOCTOR WHO SERIES 5 – Murray Gold (Trilha Sonora)”

Lançamentos de Trilhas Sonoras – 25/01/2011


Link – Jerry Goldsmith  (Intrada Special Collection Volume 158) – 39:26 Rat Patrol – Dominic Frontiere (La-La Land LLLCD 1155) River Of No Return / Niagara – Lionel Newman, Leigh Harline, Cyril J. Mockridge / Sol Kaplan (Intrada Special Collection Volume 157) – 62:12 Solaris – Cliff Martinez (La-La Land LLLCD 1161) The Young Riders – John Debney (La-La Land LLLCD 1152) Continuar lendo Lançamentos de Trilhas Sonoras – 25/01/2011

Os indicados ao Oscar 2011


A 83ª cerimônia de entrega do Oscar será dia 27 de fevereiro:

Melhor filme: Cisne Negro, O Vencedor, A Origem, O Discurso do Rei, A Rede Social, Minhas Mães e meu Pai, Toy Story 3, 127 Horas, Bravura Indômita, Inverno da Alma

Melhor diretor: Darren Aronovsky (Cisne Negro), David Fincher (A Rede Social), Tom Hooper (O Discurso do Rei), David O. Russell (O Vencedor), Joel e Ethan Coen (Bravura Indômita)

Melhor ator: Jesse Eisenberg (A Rede Social), Colin Firth (O Discurso do Rei), James Franco (127 Horas), Jeff Bridges (Bravura Indômita), Javier Bardem (Biutiful) Continuar lendo “Os indicados ao Oscar 2011”

Resenha: O TURISTA (Filme em Destaque)


O TURISTA (The Tourist, EUA, França, 2010)
Gênero: Suspense
Duração: 122 min.
ElencoJohnny Depp, Angelina Jolie, Rufus Sewell, Bruno Wolkowitch, Julien Baumgartner, Steven Berkoff, Clément Sibony, Paul Bettany, Timothy Dalton
CompositorJames Newton Howard
Roteiristas: Julian Fellowes, Christopher McQuarrie, Jeffrey Nachmanoff
DiretorFlorian Henckel von Donnersmarck
Cotação:

Quando ouço falar que determinado filme é uma bomba ou que não vale o preço do ingresso ou o meu tempo, eu geralmente tenho que ver com meus próprios olhos, até porque a beleza está nos olhos de quem vê. O caso de O TURISTA (2010), primeira incursão em Hollywood do diretor alemão Florian Henckel von Donnersmarck, de A VIDA DOS OUTROS (2006), é especial. Digo isso porque assisti o filme numa sessão lotada e com um público popular, disposto a ver o filme pelos seus astros, Angelina Jolie e Johnny Depp. E ao final da sessão todo mundo pareceu sair bem satisfeito, com direito a gritinhos de satisfação, como em finais de shows. Isso me incomodou um pouco, já que para mim o filme, que tem menos de duas horas de duração, já estava interminável de tão desinteressante e bobo. Continuar lendo “Resenha: O TURISTA (Filme em Destaque)”

Resenha: HALLOWEEN (Blu-ray)


Produção: 1978
Duração: 91 min.
Direção: John Carpenter
Elenco: Donald Pleasence, Jamie Lee Curtis, Nancy Kyes, P.J. Soles, Charles Cyphers, Kyle Richards, Brian Andrews, John Michael, Graham
Vídeo: Widescreen Anamórfico 2.40:1 (1080p/AVC MPEG-4)
Áudio: Inglês (DTS-HD Master Audio 5.1)
Legendas: Português
Região: A, B, C
Distribuidora: Spectra Nova
Discos: 1
Lançamento: 09/12/2010
Cotações: Som: **½ Imagem: **** Filme: ****½ Extras & Menus: *** Geral: ***½

SINOPSE
Numa fria noite de Halloween na pequena cidade de Haddonfield no Illinois, após flagrar sua irmã adolescente fazendo sexo com o namorado, o garoto de seis anos Michael Myers a assassina brutalmente. O menino é internado em um sanatório, onde fica sob os cuidados do Dr. Sam Loomis (Donald Pleasence), um psiquiatra experiente e a única pessoa que consegue ver o demônio escondido na alma do menino. Quinze anos depois, agora um rapaz, Michael consegue fugir do sanatório. Após testemunhar sua fuga o Dr Loomis ruma para Haddonfield, onde ele sabe que na noite de Halloween o monstro vai matar novamente. Michael começa a seguir três adolescentes, Laurie Strode (Jamie Lee Curtis) e suas amigas Annie (Nancy Kyes) e Lynda (P. J. Soles). Com a ajuda do xerife da cidade Loomis inicia sua caçada esperando colocar um final nessa onda de horríveis e sangrentos assassinatos.

COMENTÁRIOS
HALLOWEEN – A NOITE DO TERROR (HALLOWEEN, 1978) é um dos longas independentes de maior sucesso da história do cinema, e lançou John Carpenter como um dos maiores diretores de filmes de horror e ficção científica. Além disso, seu vilão Michael Myers abriu o caminho para toda uma nova geração de memoráveis assassinos que inclui Jason Voorhees (SEXTA-FEIRA 13), Freddy Krueger (A HORA DO PESADELO) e até mesmo o endiabrado boneco Chucky (BRINQUEDO ASSASSINO). Com um criativo roteiro filmado sob um orçamento modesto mas muito bem empregado, utilizando o mínimo de efeitos especiais e um elenco onde o único nome conhecido era Donald Pleasence, Carpenter levou ao espectador um conto de horror repleto de referências a Alfred Hitchcock (Jamie Lee Curtis, revelada aqui, é filha de Janeth Leigh, estrela do clássico PSICOSE), empregando uma série de situações que acabaram tornando-se clichê nos filmes do gênero. Continuar lendo “Resenha: HALLOWEEN (Blu-ray)”

Lançamentos de Trilhas Sonoras: 20/01/2011


Assassination – Robby Poitevin (GDM Club 7100) Che C’Entriamo Noi Con La Rivoluzione? – Ennio Morricone (GDM Club 7099) Cool Dog – Stephen Edwards (MMS11001) Faster – Clint Mansell (Lakeshore 34202) L’Uomo E La Magia (Mysticae) – Ennio Morricone (CMT 10013) Lassie Come Home: The Canine Cinema Collection – Andre Previn, Daniele Amfitheatrof, Elmer Bernstein, Herbert Stothart, Scott Bradley, Mario Castelnuovo-Tedesco, Nathaniel Shilkret, Robert Franklyn (FSMCD Vol.13 No.20, 5 CDs) Le Pistole Non Discutono (Bullets Don’t Argue) – Ennio Morricone (GDM 4138) Little Fockers – Stephen Trask (Varèse Sarabande 302 067 058 2) The Social Network – Trent Reznor & Atticus … Continuar lendo Lançamentos de Trilhas Sonoras: 20/01/2011

Os indicados ao BAFTA 2011


A cerimônia de entrega dos prêmios BAFTA, o Oscar inglês, acontecerá dia 13 de fevereiro.

 Melhor filme: Cisne Negro, Bravura Indômita, A Origem, O Discurso do Rei, A Rede Social

Melhor diretor: Darren Aronofsky (Cisne Negro), David Fincher (A Rede Social), Tom Hooper (O Discurso do Rei), Christopher Nolan (A Origem), Danny Boyle (127 Horas)

Melhor ator: Jesse Eisenberg (A Rede Social), Colin Firth (O Discurso do Rei), James Franco (127 Horas), Javier Bardem (Biutiful), Jeff Bridges (Bravura Indômita)

Melhor atriz: Annette Bening (Minhas Mães e meu Pai), Julianne Moore (Minhas Mães e meu Pai), Noomi Rapace (Os Homens Que Não Amavam As Mulheres), Natalie Portman (Cisne Negro), Hailee Steinfeld (Bravura Indômita) Continuar lendo “Os indicados ao BAFTA 2011”

O Novo Processo Composicional


Daft Punk

Nos últimos anos tenho observado uma nova maneira de produzir música, assim como o surgimento de uma nova leva de compositores com características bem distintas dos tradicionais compositores que conhecemos. Vou chamá-los de DJ’s compositores ou produtores musicais compositores.

A mescla de eletrônicos com acústicos não é novidade. Muitos compositores ao redor do mundo já se utilizaram e ainda se utilizam de recursos tecnológicos para compor como é o caso do alemão Hans Zimmer, um dos mais bem sucedidos compositores de trilhas sonoras de todos os tempos. O grego Vangelis se utilizou desses recursos sonoros com tamanho sucesso na década de oitenta que a trilha de Carruagens de Fogo lhe rendeu o Oscar em 1981. O inglês Rick Wakeman apresentou a sua Viagem ao Centro da Terra, na década de setenta, e incorporou novas possibilidades sonoras à orquestra com o uso de teclados eletrônicos.

Continuar lendo “O Novo Processo Composicional”

TRON: O LEGADO sairá em DVD e Blu-ray em março


A Disney divulgou as informações preliminares sobre o lançamento em DVD e Blu-ray de Tron: O Legado, que ocorrerá no Brasil no início de março. Os extras do Blu-ray incluirão “Uma Espiada em Tron: Uprising, a Série Animada”, “Instalando o Elenco”, “Visualizando Tron”, “Lançando o Legado” e “Videoclipe Derezzed, de Daft Punk”, sendo que a versão em DVD trará apenas os 3 primeiros. Não foi esclarecido mas provavelmente haverá, em Blu-ray, uma versão 3D do filme. Continuar lendo TRON: O LEGADO sairá em DVD e Blu-ray em março

Os Vencedores do Globo de Ouro 2011


Melhor filme (drama): A Rede Social

Melhor filme (musical / comédia): Minhas Mães e Meu Pai

Melhor ator (drama): Colin Firth (O Discurso do Rei)

Melhor atriz (drama): Natalie Portman (Cisne Negro)

Melhor ator (musical / comédia): Paul Giamatti (Barney’s Version)

Melhor atriz (musical / comédia): Annette Bening (Minhas Mães e Meu Pai) Continuar lendo “Os Vencedores do Globo de Ouro 2011”

Resenha: ALÉM DA VIDA (Filme em Destaque)


ALÉM DA VIDA (Hereafter, EUA, 2010)
Gênero: Drama
Duração: 129 min.
ElencoMatt Damon, Cecile de France, Frankie McLaren, George McLaren, Jay Mohr, Bryce Dallas Howard
Compositor: Clint Eastwood
RoteiristaPeter Morgan
Diretor: Clint Eastwood
Cotação: ***½

Quando ALÉM DA VIDA (2010) começa, com a impressionante sequência do tsunami, um espectador desconhecedor da obra de Clint Eastwood poderá imaginar que o filme continuará tão movimentado quanto o seu início. Aos poucos, porém, ele precisará entrar no ritmo do diretor, cuja sutileza e sensibilidade em seu ofício é algo cada vez mais admirável. O filme tinha tudo para se tornar um melodrama espírita desregrado, mas o diretor sabe compor cada cena com amor. É como se, à medida que ele fosse envelhecendo (agora com 80 anos), a vida se tornasse cada vez mais preciosa. Pois, por mais que a morte esteja presente na vida de cada um dos três protagonistas, é a vida o que mais importa no filme. Nesse sentido, o filme se liga a MENINA DE OURO (2004) e GRAN TORINO (2008), que também lidam com a morte, mas no caso de ALÉM DA VIDA, principalmente com a dor de quem fica, e de uma maneira bem menos sombria. Continuar lendo “Resenha: ALÉM DA VIDA (Filme em Destaque)”

Resenha: CONAN THE BARBARIAN – Basil Poledouris (Trilha Sonora)


Música composta por Basil Poledouris – The City of Prague Philharmonic Orchestra e Coro regida por Nic Raine
Selo: Prometheus Records
Catálogo: XPCD 169
Lançamento: 02/11/2010
Cotação: *****

Conan, O Bárbaro pode ser considerada a jóia na coroa da impressionante carreira de Basil Poledouris. No gênero de fantasia e aventura, é um score que, na minha opinião, está à altura dos melhores de Star Wars, e merece ser lembrado como um dos maiores de todos os tempos.

Fora isso, faltava uma adequada gravação desta obra épica de Poledouris, e felizmente para nós ela finalmente chegou por cortesia da Prometheus Records. A trilha sonora completa foi brilhantemente regravada com base em suas orquestrações originais, e o resultado final é que um dos melhores trabalhos já criados para o cinema agora soa melhor do que nunca. Mas tem mais.

O score original de Conan tinha um certo charme associado à gravação e interpretação nada estelares, mas o fato é que já estava mais do que na hora de ser feita uma regravação. Produzido pelo competente James Fitzpatrick, que sabe como realizar regravações excepcionais, ele lançamento nos traz uma completa apresentação da música do filme, incluindo material anteriormente não disponível e gravações alternativas de determinadas faixas. Continuar lendo “Resenha: CONAN THE BARBARIAN – Basil Poledouris (Trilha Sonora)”

Resenha: ENTRANDO NUMA FRIA MAIOR AINDA COM A FAMÍLIA (Filme em Destaque)


ENTRANDO NUMA FRIA MAIOR AINDA COM A FAMÍLIA (Little Fockers, EUA, 2010)
Gênero: Comédia
Duração: 98 min.
ElencoRobert De Niro, Jessica Alba, Ben Stiller, Owen Wilson, Barbra Streisand, Harvey Keitel, Teri Polo
Compositor: Stephen Trask
Roteiristas: John Hamburg, Larry Stuckey, Greg Glienna, Mary Ruth Clarke
Diretor: Paul Weitz
Cotação: *

Dez anos se passaram entre o primeiro ENTRANDO NUMA FRIA (2000) e este ENTRANDO NUMA FRIA MAIOR AINDA COM A FAMÍLIA (2010). O primeiro filme é engraçadíssimo, com um timing perfeito, Robert De Niro revelando-se um excelente comediante e Ben Stiller se firmando como um dos melhores astros da comédia de sua geração. O que se perdeu de lá pra cá?

Quando fizeram a primeira continuação, ENTRANDO NUMA FRIA MAIOR AINDA (2004), por mais que o filme tivesse momentos divertidos, já não era tão bom quanto o original, mesmo apelando para o aumento do número de rostos conhecidos. É como se, à medida que a franquia fosse engordando e se dando ao luxo de colocar astros sem seus nomes aparecerem nos créditos iniciais (Harvey Keitel e Laura Dern, no caso do novo filme) – além de acrescentarem uma beldade para animar a plateia (Jessica Alba) -, todo o foco que poderia ser usado para o fazer rir fosse para o ralo. Continuar lendo “Resenha: ENTRANDO NUMA FRIA MAIOR AINDA COM A FAMÍLIA (Filme em Destaque)”