Lançamentos de Trilhas Sonoras – 28/02/2013


CDAs seguintes trilhas sonoras já estão à venda nas principais lojas online internacionais:

Concerto Per Pistola Solista – Francesco De Masi (Beat BCM 912)

Grazie ZiaEnnio Morricone  (Digitmovies CDDM 227)

L’Arbitro – Guido & Maurizio De Angelis (Digitmovies CDDM 230)

La Faccia Violenta Di New YorkRiz Ortolani (Beat BCM 9515)

Continuar lendo Lançamentos de Trilhas Sonoras – 28/02/2013

Os Vencedores do Oscar 2013


Cinema Musical: O Ouro para o Oscar 2011Melhor filme

Melhor ator

Melhor atriz

Melhor ator coadjuvante

Melhor atriz coadjuvante

Melhor diretor

Continuar lendo Os Vencedores do Oscar 2013

Resenha: INDOMÁVEL SONHADORA (Filme em Destaque)


Poster Indomavel Sonhadora.inddINDOMÁVEL SONHADORA (Beasts of the Southern Wild, EUA, 2012)
Gênero: Drama
Duração: 157 min.
Elenco: Quvenzhané Wallis, Dwight Henry, Levy Easterly, Lowell Landes, Pamela Harper, Gina Montana, Amber Henry, Jonshel Alexander, Nicholas Clark, Joseph Brown, Henry D. Coleman, Kaliana Brower, Philip Lawrence, Hannah Holby
Trilha Sonora OriginalDan Romer, Benh Zeitlin
Roteiro:  Lucy Alibar, Benh Zeitlin
Direção: Benh Zeitlin
Cotação**½

Depois de ter finalmente visto o último dos nove indicados à categoria principal do Oscar 2013, chego à constatação de que esta é uma das edições mais fracas dos últimos anos. INDOMÁVEL SONHADORA (2012) é o tipo de filme interessante, curioso, diferente, trata de um assunto que é do interesse de tantos, como o Furacão Katrina e o seu efeito na população mais pobre e que procurou permanecer em Nova Orleans, em vez de fugir. Pelo menos o filme passa essa impressão: de que houve escolha por parte deles, talvez por ignorância, quando a população mais rica já havia deixado a cidade.

Independentemente de ser ou não fiel aos fatos, INDOMÁVEL SONHADORA parece às vezes estar ambientado em um outro universo, um mundo alternativo, principalmente por se passar na mente da jovem Hushpuppy (Quvenzhané Wallis). Interessante notar que até os nomes, tanto da atriz quanto de sua personagem, parecem estranhos. Distante do que estamos familiarizados em ver mesmo em filmes independentes produzidos nos Estados Unidos, que é de onde geralmente saem pessoas e situações mais diferentes. O diretor é o estreante em longas-metragens Benh Zeitlin, que já chegou chamando atenção, pois foi indicado ao Oscar, deixando de fora realizadores importantes como Quentin Tarantino e Kathryn Bigelow. Quem conhece seus curtas-metragens talvez encontre neles e em seu longa pontos em comum que destaquem o seu lado autoral. Se bem que a condição de autor nem chega a ser importante para a Academia. Continuar lendo Resenha: INDOMÁVEL SONHADORA (Filme em Destaque)

CD NEWS: Lançamentos de 26 de Fevereiro a 02 de Abril


CD26 de Fevereiro
Beastmaster 2: Through the Portal of Time – Robert Folk – Buysoundtrax
The Fury John Williams – La-La Land
I Magliari Piero Piccioni – Beat
La Bestia Nella Spazia – Marcello Giombini – Beat
The Naked Maja – Angelo Francesco Lavagnino – Digitmovies
1000 Dollari Su Nero
– Michele Lacereneza – Beat
Passion – Pino Donaggio – Quartet
Phantom Jeff Rona – Milan
Piero Umiliani: Discomusic
– Piero Umiliani – Beat
Providence Miklos Rozsa – Digitmovies
Sai Cosa Faceva Stalin Alle Donne
Ennio Morricone – Beat
Stoker
– Clint Mansell – Milan
Super Fantozzi
– Fred Bongusto – Digitmovies
The Touch
Basil Poledouris – Buysoundtrax
Vivo o Preferibilmente Morti 
– Gianni Ferrio – Digitmovies

Continuar lendo CD NEWS: Lançamentos de 26 de Fevereiro a 02 de Abril

Lançamentos de Trilhas Sonoras – 21/02/2013


CDAs seguintes trilhas sonoras já estão à venda nas principais lojas online internacionais:

Bullet To The Head – Steve Mazzaro (Varese Sarabande 302 067 180 2)

Butch And Sundance: The Early Days – Patrick Williams (Kritzerland KR 20024-6)

Gladiator (1992 – Unused Score) – Jerry Goldsmith (Intrada Special Collection Volume 231) – 35:51

Good Day To Die Hard – Marco Beltrami (Sony 43712)

Continuar lendo Lançamentos de Trilhas Sonoras – 21/02/2013

Resenha: MUSIC FROM THE HOBBIT & THE LORD OF THE RINGS – Howard Shore (Trilha Sonora)


silcd1397Música composta por Howard Shore. The City of Prague Philharmonic Orchestra regida por Nic Rayne, Evan Jolly
Selo: Silva Screen
Catálogo: SILCD 1397
Lançamento: 26/02/2013
Cotação: ****

Colaborador de longa data do diretor David Cronenberg, o canadense Howard Shore sabe como diversificar seu dinamismo, e sob esse ângulo não há ninguém como ele. Seu trabalho pode ser ouvido também em filmes diversos de outros diretores, como Seven, O Silêncio dos Inocentes, Gangues de Nova YorkO Fim da Escuridão (EUA) e Os Infiltrados.

Como mencionado acima, a principal característica delineada de Shore é a dinâmica, e ele também tende a uma construção que faz com que você tenha que ouvir a mesma faixa algumas vezes para perceber todos os seus elementos. Mesmo quando você espera alguma coisa, há uma sutileza que pode transformar uma pequena linha em uma luxuriante faixa repleta de cores e brilho. Desnecessário dizer que, se você fizer um gráfico da faixa, nunca haverá uma linha reta, mas sim muitas “montanhas” que parecem adequadas aos propósitos da saga do Anel. Continuar lendo Resenha: MUSIC FROM THE HOBBIT & THE LORD OF THE RINGS – Howard Shore (Trilha Sonora)

Resenha: A HORA MAIS ESCURA (Filme em Destaque)


zdtA HORA MAIS ESCURA (Zero Dark Thirty, EUA, 2012)
Gênero: Drama
Duração: 157 min.
Elenco: Jessica Chastain, Ricky Sekhon, Joel Edgerton, Scott Adkins, Mark Strong, Jennifer Ehle, Chris Pratt, Taylor Kinney, Kyle Chandler, Édgar Ramírez, Harold Perrineau, Frank Grillo, James Gandolfini
Trilha Sonora Original: Alexandre Desplat
Roteiro:  Mark Boal
DireçãoKathryn Bigelow
Cotação***½

Quando o presidente Barack Obama anunciou que as tropas americanas conseguiram capturar e matar Osama Bin Laden, ficou no ar um clima de dúvida, de ceticismo. Principalmente porque eles preferiram não mostrar o corpo de Osama, a mente intelectual por trás dos atentados ocorridos nos Estados Unidos no dia 11 de setembro de 2001. Essa falta de crença também é sentida pelo próprio personagem que dá o tiro em Osama no momento crucial de A HORA MAIS ESCURA (2012) – “Será que é ele mesmo?”. Os dez anos em busca desse que era o homem mais procurado do mundo tornaram-no um mito.

Quanto às tão faladas técnicas de tortura utilizadas pelos membros da CIA para conseguir pistas para chegar aos principais responsáveis pela queda das Torres Gêmeas, elas já foram vistas antes na mídia de ficção, e até com mais intensidade na série 24 HORAS, que nasceu sob o signo da nova era, a era da guerra ao terror. Mas era George Bush que estava no poder. Em sua gestão, poucos nos Estados Unidos questionaram a invasão brutal a um país miserável como o Afeganistão ou a busca de armas de destruição em massa que não existiam no Iraque. Continuar lendo Resenha: A HORA MAIS ESCURA (Filme em Destaque)