MÚSICA EM CENA – A Coletiva de Morricone

coletiva_musicaemcena

coletiva_morricone

No dia 02 de maio de 2007, ocorreu a entrevista coletiva de imprensa do MÚSICA EM CENA: 1º Encontro Internacional de Música de Cinema, onde o ScoreTrack.net esteve representado pelos colaboradores Jaqueline Tergolina e Cesar Ehmann. A coletiva foi dividida em duas partes, onde na primeira foram entrevistados o Maestro Julio Medaglia e organizadores do evento. Já a segunda parte da coletiva consistiu na entrevista com o grande compositor e maestro Ennio Morricone. Estarmos a menos de um metro de um dos maiores compositores da atualidade, foi realmente algo que será inesquecível.

Ao invés de colocar aqui um resumo da entrevista de Morricone, optamos por disponibilizá-la na íntegra, em 13 partes. Considerando que a iluminação não estava muito satisfatória e que houve perda de resolução para que os vídeos não ficassem muito pesadas, a qualidade da imagem deixa um pouco a desejar. Porém o mais importante é que o áudio está razoável, e com atenção podemos ouvir toda a entrevista e as palavras do grande mestre Morricone.

Primeira parte – Os organizadores e o Maestro Julio Medaglia falam sobre o evento e respondem as perguntas dos jornalistas

Lia de Souza (Cinnamon Comunicação), apresenta todos os convidados e fala um pouco sobre o evento, em seguida passa a palavra para Paulo Alimonda e Carla Vasconcelos (SM Comunicação).

Cláudio Jorge (Representante Petrobrás – Patrocinador Master), Roberta Licastro (Secretaria das culturas do município do Rio de Janeiro) e Tony Berchmans, (Curadoria do projeto) comentam a respeito do evento, entre outras coisas.

Júlio Medaglia (Maestro) fala sobre o evento e músicas que serão apresentadas.

Júlio Medaglia comenta como foi o processo de escolha do repertório nacional, e fala da dificuldade de se fazer uma trilha sonora no Brasil.

Júlio Medaglia fala sobre o processo de composição pra cinema, e também explica o porquê da predominância do uso de canções no cinema nacional.

Júlio Medaglia comenta a liberdade de músicas experimentais no cinema, e Tony Berchmans fala a respeito de literatura específica sobre trilhas sonoras, entre outras coisas. O Maestro Júlio Medaglia fala sobre o ensino de composição de trilha sonora em universidades brasileiras.

Júlio Medaglia comenta sobre a dificuldade de se encontrar gravações de trilhas sonoras nacionais.

Segunda parte – O maestro Ennio Morricone responde as perguntas dos jornalistas. Agradecimentos a Patrizia Giancotti, por ter feito a tradução

Chegada de Morricone na sala com muitos cumprimentos. Depois o Maestro fala sobre a experiência de ter vindo ao Brasil, e nos conta suas impressões sobre a música brasileira.

Ennio Morricone responde em parte como foi trabalhar com diversos diretores italianos e fala sobre a Orquestra Petrobrás Sinfônica.

O Maestro responde sobre o processo de compor as músicas para os filmes antes mesmo das filmagens. Fala também sobre a construção da trilha sonora levando em consideração os planos do filme e os cortes de montagem.

Morricone conta foi a experiência em receber o Oscar.

 Julio Medaglia pergunta a Ennio Morricone sobre as composições de música de concerto.

Morricone fala sobre o repertório que será apresentado com a Orquestra Petrobrás Sinfônica. Infelizmente foi necessário trocar a bateria da filmadora nesse momento, por isso perdemos alguns segundos da entrevista.

Cesar Ehmann

Enhanced by Zemanta

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Cinema, DVD, Blu-ray, Trilhas Sonoras

%d blogueiros gostam disto: