Resenha de Arquivo: THE GOLDEN VOYAGE OF SINBAD – Miklós Rózsa (Trilha Sonora)


Música composta e regida por Miklós Rózsa
Selo
: Intrada Special Collection
Formato: CD
Lançamento: 14/03/2016
Cotaçãostar_5

Após Simbad e a Princesa (1958) e Capitão Simbad (1963), o herói das Mil e Uma Noites não voltaria ao cinema até 1973, ano em que o produtor Gordon Hessler lançou A Nova Viagem de Simbad, filme que, a exemplo do longa de 1958, também também foi produzido por ele e contou com os efeitos stop-motion de Ray Harryhausen. Como à época o grande Bernard Herrmann já estava adoentado e menos disponível para compor a trilha sonora, foi escolhido o autor da partitura de um dos maiores clássicos do gênero, O Ladrão de Bagdá (1940) – o lendário Miklós Rózsa.

Apesar de hoje ser mais lembrado por seus massivos scores para produções épicas como Quo Vadis, Ivanhoé, Ben-Hur, El CidO Rei dos Reis, foi a partitura exótica e luxuriante de O Ladrão de Bagdá que consagrou Rózsa como um compositor dinâmico e criativo, introduzindo-o no cinema americano, onde ele trabalharia proficuamente por mais de 40 anos. Assim, A Nova Viagem de Simbad permitiu que ele retornasse à música que impulsionou sua carreira, e isso fez de forma criativa e vigorosa, dando origem a um score que não fica atrás de nenhuma trilha dos clássicos de capa-e-espada de Hollywood.

Aliás, não seria exagero dizer que a partitura e os efeitos visuais de Harryhausen são os maiores trunfos desta produção modesta. Rózsa possuía um estilo muito distinto do de Herrmann, e portanto, apesar de o score ser um clássico exemplo da grande trilha orquestral do cinema, ele possui grandes diferenças em relação ao de Simbad e a Princesa. De fato, ele difere até da própria música de O Ladrão de Bagdá, que era extremamente melódica. Tendo por exceção os temas para Simbad (John Phillip Law) e Margiana (Caroline Munro), além de um que outro momento lírico, a força do score está mesmo no material para as cenas de ação. “Prelude” introduz o tema do herói, trazendo ao ouvinte um mundo de magia, romance e aventura. A emotiva “Sinbad’s Decision”, que encerra o álbum original de 1974, traz alguns destes momentos melodiosos, além de reprisar pela última vez o tema do herói no momento final da aventura.

As criaturas exóticas ou monstruosas do filme também são representadas musicalmente, porém mais em variações de arranjo e orquestração do que em motivos distintos, como fazia Herrmann; por exemplo, em “Arrival of The Homunculus”, um sintetizador fantasmagórico, interpretando o tema do mago vilão Koura (Tom Baker), assinala a chegada de uma pequena e bizarra criatura alada, o homúnculo; os efeitos em staccato e o sintetizador marcam o ataque da criatura a Simbad em “Escape from The Temple”; e a estátua da deusa Kali recebe uma vibrante descrição musical em “Sinbad Fights Kali”, que acompanha sua luta de espadas com Simbad. Já “The Centaur and The Gryphon” e “Death of The Centaur” trazem as sonoridades que identificam os principais monstros do filme: uma seqüência de quatro notas interpretada pela tuba marca a aparição do Centauro, enquanto seu oponente, o Grifo, é identificado pelos metais. O combate mortal de ambos é acompanhado por metais em fúria, cordas em tremollo e percussão.

O vilão do filme, Koura, recebe um tema marcante que é mais desenvolvido em “Koura’s Pursuit”, e ouvido com destaque, pela última vez, no seu duelo de espadas com Simbad em “Koura’s End”. A partitura também traz as marcas estilísticas do maestro, como sua típica “música de batalha” ouvida em “The Storm”, e a “música de outro mundo” que pontua visões ou alucinações. Nos clássicos de 1945 Quando Fala o Coração e Farrapo Humano Rozsa utilizou em cenas do gênero o theremim, um precursor do sintetizador que, em A Nova Viagem de Simbad, é utilizado de modo similar.

Enfim, desde os primeiros até seus últimos acordes, esta partitura é uma maravilhosa jornada que leva o ouvinte não apenas para dentro das mágicas aventuras do mítico capitão, mas também de volta a um clássico gênero musical que ironicamente, à época em que foi composta, havia sido posto de lado em favor de linguagens musical-cinematográficas mais modernas e pop. O LP da trilha sonora original foi lançado no mesmo ano do filme, e somente chegou ao CD em 1998, através do selo belga Prometheus, trazendo o mesmo conteúdo e com pouco brilho sonoro – foi utilizada como master uma gravação estéreo extraída de cópia em vinil.

Uma nova edição foi lançada em 2008 pela própria Prometheus em álbum duplo, contendo as mesmas gravações do LP de 1998 e mais o score completo extraído de fitas monaural editadas para a mixagem original do filme. Foi apenas em 2016 que The Golden Voyage of Sinbad recebeu o que se pode chamar de “edição definitiva” através do selo Intrada, que utilizou as masters estéreo de primeira geração criadas pela United Artists Records para o lançamento de 1974, localizadas há alguns anos na Itália.

Além do álbum extraído das gravações originais, que já possui generosos 55 minutos de duração, este lançamento da Intrada Special Collection também inclui todos os 90 minutos do score completo – até mesmo a dança de Kali ao som de cítaras! -, extraído de gravações originais estéreo e transfers 35mm, e tudo com ótima qualidade sonora. Uma edição imperdível para os fãs de Rózsa e da grande Música do Cinema.

Faixas:

Disco 1: Álbum de 1974 / Score Completo Parte 1
1. 1974 ALBUM: Prelude 1:31
2. Arrival Of The Homunculus 2:42
3. The Dream 1:16
4. The Storm 1:57
5. Marabia Beach 1:25
6. Koura’s Pursuit 1:49
7. The Destiny 2:48
8. Night Time 3:06
9. The Siren 3:24
10. The Chart 4:44
11. Making Of The Homunculus 2:46
12. Temple Of The Oracle 3:17
13. Escape From The Temple 2:44
14. Sinbad Discovers Koura 1:52
15. Sinbad Fights Kali 3:27
16. Fountain Of Destiny 2:28
17. The Centaur And The Gryphon 3:58
18. Death Of The Centaur 1:35
19. Koura’s End 3:41
20. Sinbad’s Decision 3:48
21. COMPLETE SCORE – PART 1: Main Title 1:33
22. Homunculus Drops Tablet On Sinbad’s Ship 2:42
23. Sinbad’s Dream 1:16
24. Storm (Koura Calls)/Marabia 3:16
25. Koura Chases Sinbad To Vizier’s City 1:50
26. Koura’s Castle/Vizier Receives Sinbad Into Palace 1:31
27. Vizier – Sinbad Enter Lower Chamber 0:46
28. Lower Chamber (2 Tablets & Map) 2:28
29. Belly Dance (Sinbad’s Ship) 0:34
30. Lower Chamber (Homunculus Explodes) 1:29
31. Sinbad In Hakim’s Market 1:01
32. Sinbad Throws Hakim’s Bodyguard 0:30
33. Sinbad Meets Margiana / Vizier – Margiana Board Sinbad’s Ship 3:42
34. Haroun Appears On Deck 0:42
Duração do Disco: 77:38

Disco 2: Score Completo – Parte 2 / Extras
1. COMPLETE SCORE – PART 2: Koura – Sinbad’s Ship At Night / Sinbad – Margiana In Cabin 6:01
2. Koura Guides Siren To Chart 3:22
3. Sinbad And Crew Fight Siren 4:43
4. Haroun’s Lute 0:22
5. Lemuria – Part 1 & Part 2 1:07
6. Making Homunculus 2:43
7. Sinbad – Koura Land On Lemuria 3:13
8. Lute Stinger / Sinbad Arrives At Temple / Medium Speaks 3:46
9. Oracle Appears / Oracle Speech / Oracle Disappears 3:27
10. Koura Lights Fuse And Temple Explodes 0:23
11. Escape From Temple Of The Oracle 2:42
12. Green Men Capture Koura 0:48
13. Koura To Green Men’s Temple 0:56
14. Kali Walk Dance 1:52
15. Koura Challenges Sinbad To Fight Kali / Kali Fight / Green Men Put Margiana In Pit 5:06
16. Green Men Put Margiana In Pit / Horn (Green Men) 2:19
17. Centaur Appears 2:37
18. Koura’s Prayer Brings Down Rocks 2:40
19. Koura Enters Cave / Fountain Of Destiny 2:28
20. Koura Praying By Fountain 0:35
21. Centaur Attacks Sinbad 5:28
22. Sinbad Fights Invisible Koura / Crown Of Many Riches And End Title 7:21
23. EXTRAS (THREE-CHANNEL STEREO SESSION MIXES): Vizier – Fanfare (Early Unused Take) 0:10
24. Koura’s Castle/Vizier Receives Sinbad Into Palace (Complete) 1:59
25. Vizier – Sinbad Enter Lower Chamber (Complete) 0:47
26. Belly Dance (Sinbad’s Ship) 0:34
27. Sinbad In Hakim’s Market 1:02
28. Haroun’s Lute 0:24
29. Lute Stinger 0:05
30. Sinbad And Crew Fight Siren 4:43
31. Lemuria – Part 1 & Part 2 1:07
32. Making Homunculus 2:43
Duração do Disco: 77:33
Duração Total do Álbum: 155:1

Clipes:

Jorge Saldanha

Anúncios

2 comentários sobre “Resenha de Arquivo: THE GOLDEN VOYAGE OF SINBAD – Miklós Rózsa (Trilha Sonora)

  1. Acabei de adquirir o cd duplo da “Intrada”.Fantástica trilha sonora nos remetendo aos clássicos filmes bíblicos tais como,por exemplo,Ben-Hur(por sinal de sua autoria).Fiquei muito grato por lançarem com uma qualidade que o filme merece(assisti muito nas sessões de tarde da vida).Sua sonoridade permanece inabalável.Já a película soa pouco envelhecida e seus efeitos especiais ultrapassados em relação a grande evolução dos de hoje( Hay Harryhausen tirava “leite de pedra” em sua época.Era gênio).Por fim,que venham mais remasterizações de grandes compositores.Seu legado deve ser preservado por centenas de anos ainda.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s