Jóhann Johánnsson (1969-2018)


O compositor islandês Jóhann Johánnsson faleceu prematuramente ontem, 09 de fevereiro, aos 48 anos de idade. A causa da sua morte não foi divulgada. Suas trilhas sonoras mais conhecidas são A Teoria de Tudo (2014), Os Suspeitos (2013), Sicário: Terra de Ninguém (2015) e A Chegada (2016), estas três últimas para o diretor Denis Villeneuve. Ele deveria voltar a trabalhar com Villeneuve na trilha de Blade Runner 2049, porém deixou o projeto devido a diferenças criativas com o diretor. Os últimos trabalhos de Johánnsson, que conquistou o Globo de Ouro por A Teoria de Tudo, são as trilhas sonoras de Mandy, The Mercy e Maria Madalena, todos filmes que estrearão no Brasil em 2018.

Anúncios

2 comentários sobre “Jóhann Johánnsson (1969-2018)

  1. Meu Deus.Mais um que se vai! Tá difícil surgir talentos como Jerry Goldsmith,John Willians,Basil Polidouris… e agora mais essa perda.Felizmente ainda resta-nos o John Willians vivo.Vida longa ao Rei.

    Curtir

  2. Que pena, acontecer isto, era muito novo, ainda tinha muito o que nos proporcionar, espero que onde quer que ele esteja. Que fique bem.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s