GUARDIANS OF THE GALAXY VOL. 2
Produção: 2017
Duração: 136 min.
Direção: James Gunn
ElencoChris Pratt, Zoe Saldana, Bradley CooperDave Bautista, Vin Diesel, Kurt RussellKaren Gillan, Michael Rooker, Pom KlementieffElizabeth Debicki
Vídeo 2D: Widescreen Anamórfico 2.40:1 (1080p/AVC MPEG-4)
Vídeo 3D: Widescreen Anamórfico 2.40:1, 1.90:1 (1080p/MVC MPEG-4)
Áudio: Inglês (DTS-HD Master Audio 7.1), Português, etc. (Dolby Digital 5.1)
Legendas: Português, Inglês, etc.
Região: A, B, C
Distribuidora: Cinecolor/Disney
Discos: 2 BDs (50GB)
Lançamento: 30/08/2017
Cotações: Som: ****½ Imagem 2D: ***** Imagem 3D: *****  Filme: **** Extras & Menus: ***½ Geral: ****½ 

SINOPSE
Em GUARDIÕES DA GALÁXIA VOL. 2, as aventuras continuam quando a equipe atravessa os limites do cosmos. Os Guardiões devem lutar para manter sua nova família unida enquanto buscam revelar o mistério da verdadeira paternidade de Peter Quill.

COMENTÁRIOS
Para ler nossa resenha do filme, clique AQUI.

SOBRE O BD
A Cinecolor/Disney andava sendo muito criticada pelos colecionadores do Brasil por não mais lançar aqui os combos de Blu-ray 3D+2D, mas com GUARDIÕES DA GALÁXIA VOL. 2 ela tenta se redimir. Além das habituais edições em separado, no tradicional estojo Amaray HD, também lançou em nosso mercado este combo que inclui um Blu-ray com o filme em versão normal e extras, e outro exclusivo para o filme em 3D, mas com o diferencial de que os dois discos estão acondicionados em um caprichado steelbook, cuja arte em relevo traz o Bebê Groot fazendo referência a uma das piadas do filme. Enfim a distribuidora dá o mesmo tratamento aos longas da Marvel que já vinha dispensando aos de STAR WARS, com a vantagem de incluir o Blu-ray 3D e pelo mesmo preço de tabela de um steelbook com apenas um disco! Aliás, é curioso que tanto Disney como Warner e Fox finalmente estejam lançando no Brasil este tipo de embalagem tão apreciado pelos colecionadores, no momento em que o nosso mercado de home-video, em especial o Blu-ray, agoniza. Será que finalmente se derAm conta, ainda que provavelmente tarde demais, que edições diferenciadas e com preços justos podem fazer a diferença?

Imagem

Sobre a qualidade do vídeo, vamos ser simples e diretos: a transferência 1080p/AVC MPEG-4 (2D) é simplesmente fantástica, reproduzindo à perfeição a vibrante fotografia do longa, com cores deslumbrantes e altíssima definição, que se reflete em níveis de detalhe excelentes. O contraste é ótimo, os níveis de preto são fortes e, mesmo nas inúmeras cenas com tomadas de efeitos visuais, a imagem se mantém num padrão de referência. Sempre brilhante, ela é totalmente livre de qualquer tipo de ruído digital, e talvez o que mais impressione é que toda esta qualidade também seja preservada na transfer 1080p/MVC MPEG-4 (3D). O longa foi convertido na pós-produção, porém originalmente rodado tendo o 3D em mente, alternando a proporção de tela para melhor explorar a tecnologia das telas IMAX. Assim, na versão 3D, Gunn e seu diretor de fotografia alteraram o aspect ratio de 2.40:1 para 1.90:1 em certas sequências, a maioria de ação. Isto, aliado à excelência da conversão, torna este um dos raros casos em que a experiência tridimensional torna-se a melhor opção para assistir ao filme, já que temos todas as qualidades da versão standard 2D, sem perdas, aliadas a uma perfeita e envolvente imersão no 3D. A separação entre os objetos à frente e os que estão ao fundo é excelente, o que cria um grande sendo de distância e espaço, especialmente em cenas de exteriores ou de locais amplos. O uso ostensivo de efeitos pop up é evitado, porém em vários momentos, como em batalhas espaciais, na chegada do planeta de Ego (quando bolhas coloridas voam na tela) ou quando Yondu usa a sua flecha, os objetos naturalmente se aproximam do espectador. Enfim, é o tipo de experiência perfeita que só me faz lamentar a opção da indústria por descontinuar a fabricação de televisores 3D.

Som

Quase à altura da excelência da sua imagem, a faixa original em inglês DTS-HD MA 7.1 fará seu queixo (ou ouvidos?) cair em em momentos espetaculares como a fuga dos Guardiões da frota dos Soberanos, na selvagem luta entre Nebulosa e Gamora ou no climático confronto entre os Guardiões, Ego e os Soberanos no núcleo do planeta. Nesses momentos os efeitos surround se espalham por vários canais a fim de colocar o ouvinte no meio da ação. Nos momentos mais altos e intensos, as frequências altas casam perfeitamente com as baixas (graves), aliando fidelidade e potência. Em meio a tudo isso, os diálogos sempre soam cristalinos, nunca sendo afetados pela mixagem de outros elementos. Já nas cenas calmas, efeitos discretos e sutis criam um convincente campo sonoro em 360°. A trilha musical de Tyler Bates é sempre reproduzida com clareza e grande separação instrumental, espalhando-se por todo o palco sonoro. Além desta faixa lossless, temos dublagens Dolby Digital 5.1 em português e outros idiomas. Legendas e menus também estão disponíveis em português.

EXTRAS
O steelbook nacional de GUARDIÕES DA GALÁXIA VOL. 2 traz todos os seus extras no disco 2D, em alta definição e com legendas em português (inclusive os comentários em áudio). Ressalte-se que o único trailer presente é o de THOR: RAGNAROK, que é reproduzido (dublado) antes do carregamento do menu e pode ser acessado posteriormente em “Próximos Lançamentos”:

  • Comentários em Áudio do Diretor James Gunn – Gunn comenta vários aspectos da produção em grandes detalhes, cobrindo praticamente tudo o que vemos na tela e o complexo processo que foi necessário para realizar o filme;
  • Filme com Introdução de James Gunn (1:39 min.) – O filme pode ser assistido com uma prévia e curta introdução do diretor;
  • Rodada Extra: O Making Of de Guardiões da Galáxia Vol. 2 (36:60 min.) – Documentário sobre a produção do filme, dividido em 4 partes: “Na Cadeira do Diretor com James Gunn” (o diretor fala sobre suas ideias para a continuação, seu elenco, etc.), “Tour da Reunião: A Música de Guardiões da Galáxia Vol. 2” (o foco aqui, como o título indica, é a importância da trilha sonora – canções e score – no filme), “Planetas Vivos e Árvores Falantes: Os Efeitos Visuais de Vol. 2” (saiba como foram feitos alguns dos incríveis efeitos visuais) e “Showtime: O Elenco de Vol. 2” (depoimentos de Gunn e dos membros do elenco principal).
  • Videoclipe ‘Guardians Inferno’ (3:35 min.) – A canção disco ‘Guardians Inferno’ é ouvida durante os créditos finais, e para a divulgação do filme foi feito este divertido videoclipe, com a participação do elenco e de David Hasselhoff, no melhor estilo anos 70 – com direito a imagem com qualidade de VHS e tela 4×3;
  • Erros de Gravação (3:41 min.) – A tradicional reunião de momentos com erros de diálogos e gracinhas do elenco;
  • Cenas Inéditas e Estendidas (5:04 min.) – Encerrando os extras temos três cenas eliminadas e uma estendida, esta sendo o diálogo entre Quill e o Groot adolescente. Nada de muito importante, porém vale a pena conferi-las.

Jorge Saldanha

Anúncios