ID4_CDMúsica composta por David Arnold, orquestrada e regida por Nicholas Dodd
Selo: RCA Victor
Catálogo: 09026 68564 2
Lançamento: 01/06/1996
Cotação: star_4_5

Com a próxima estreia de sua continuação, este é um bom momento para revisitarmos a trilha sonora de Independence Day (1996), trabalho que colocou o então jovem compositor britânico David Arnold na lista dos mais requisitados por Hollywood.

Seguindo os passos do próprio filme, que foi o recordista de bilheteria de 1996, o CD original da sua trilha sonora ocupou por várias semanas o topo da lista dos discos clássicos mais vendidos. Arnold, que já havia trabalhado para o diretor Roland Emmerich em Stargate (1994), deu a este blockbuster, mistura de ficção científica e filme-catástrofe, um toque final de grandiosidade.

No CD original da RCA destaca-se a música que acompanha as várias – e explosivas – cenas de ação do filme. Nele, há pouco espaço para melodias mais emotivas, além daquelas que transbordam de patriotismo norte-americano (isso em um filme dirigido por um alemão e musicado por um inglês!). Ao contrário do que se ouve atualmente nos cinemas, Independence Day possui um tema principal que fica na memória do espectador após o filme terminar. Outro destaque é um tema de ação que, com sua exuberante fanfarra e metais graves, soa inspirador e heroico. Mesmo os motivos secundários são atraentes e perfeitamente desenvolvidos – algo raro de se ouvir nos nos blockbusters atuais de ficção científica.

Em faixas como “1969 – We Came In Peace” (que inicia o álbum com tons sombrios que levam a um solo de trompete e, na sequência, a uma dramática performance da orquestra completa), e “The Darkest Day”, a música é ameaçadora, representando a presença das gigantescas naves alienígenas. Já o espetacular material de ação parece combinar o melhor de John Williams e Alan Silvestri no estilo. Destaque para as orquestrações precisas do parceiro habitual de Arnold, Nicholas Dodd, também responsável pela afiada regência da orquestra.

Cues como “Fire Storm”, “Base Attack” e “The Day We Fight Back” trazem uma furiosa orquestração repleta de metais, tímpanos e cordas, que nos coloca no meio das cenas de destruição e combate aéreo. “Aftermath” contém um motivo tristonho que, posteriormente, muda de tom e se torna otimista. “The President’s Speech”, como o título indica, é inspirador e motivacional como a cena que acompanha, desenvolvendo-se em um perfeito crescendo orquestral. O disco encerra com sua melhor faixa, a longa suíte “End Titles”, que é uma verdadeira celebração à vitória e onde todo o poder da música de Arnold, repleta de Americana, nos atinge.

O disco da RCA não continha parcela significativa do score, já que foi lançado antes mesmo de o compositor ter concluído as gravações. Foi uma decisão discutível da gravadora, que para garantir que o álbum estivesse nas lojas pelo menos um mês antes do lançamento do filme, abriu mão de uma versão mais completa. Mesmo assim, Independence Day sagrou-se como a melhor nova trilha de 1996, e até hoje é considerada por muitos o melhor trabalho de David Arnold. Felizmente a gravadora La-La Land Records relançou o score em 2010 numa edição oficial definitiva, com dois CDs contendo cada segundo de música gravada para o longa, incluindo versões alternativas de várias faixas.

De lamentar, por fim, que a parceria do compositor com Roland Emmerich tenha se encerrado com Godzilla (1998), e que após uma série de trilhas para filmes de grande apelo (que incluem nada menos que cinco filmes de James Bond), a carreira de Arnold hoje esteja praticamente limitada à televisão. Enquanto isso, a música das grandes produções é entregue para profissionais bem menos competentes e criativos.

Faixas:

1. 1969 – We Came In Peace (02:04)
2. S.E.T.I. – Radio Signal (01:52)
3. The Darkest Day (04:13)
4. Canceled Leave (01:45)
5. Evacuation (05:47)
6. Fire Storm (01:23)
7. Aftermath (03:35)
8. Base Attack (06:11)
9. El Toro Destroyed (01:30)
10. International Code (01:32)
11. The President’s Speech (03:10)
12. The Day We Fight Back (04:58)
13. Jolly Roger (03:15)
14. End Titles (09:08)

Duração: 50:23

Jorge Saldanha

Anúncios