sw6

Resenha de Blu-ray: STAR WARS – O DESPERTAR DA FORÇA (Steelbook BR)


force_awakens_steelbook_BDSTAR WARS: THE FORCE AWAKENS
Produção: 2015
Duração: 136 min.
Direção: J.J. Abrams
Elenco: Daisy Ridley, John BoyegaOscar IsaacAdam DriverHarrison Ford, Carrie Fisher, Mark Hamill, Domhnall GleesonGwendoline Christie, Peter Mayhew, Anthony Daniels, Kenny Baker, Lupita Nyong’o, Andy Serkis, Max von Sydow
Vídeo: 2.40:1 (1080p/AVC MPEG-4)
Áudio: Inglês (DTS-HD Master Audio 7.1), Português, Espanhol, Francês, etc. (Dolby Digital 5.1)
Legendas: Português, Inglês, Espanhol, Francês, etc.
Região: A, B, C
Distribuidora: Disney
Discos: 2 (BD 50GB)
Lançamento: 20/04/2016
Cotações: Som: ***** Imagem: ****½ Filme: **** Extras & Menus: ***½ Geral: ****½

SINOPSE
Kylo Ren (Adam Driver), com a sinistra Primeira Ordem, surge das cinzas do Império, enquanto Luke Skywalker (Mark Hamill) está desaparecido no momento em que a galáxia mais precisa dele. Cabe a Rey (Daisy Ridley), uma catadora de sucata do deserto, e a Finn (John Boyega), um stormtrooper desertor, se unirem a Han Solo (Harrison Ford) e a Resistência liderada por Leia (Carrie Fisher) numa procura desesperada da única esperança para restaurar a paz na galáxia.

sw5

COMENTÁRIOS
Para ler nossa avaliação do filme, clique AQUI.

SOBRE O BD
Assim como foi aguardado ansiosamente nos cinemas, a chegada de STAR WARS: O DESPERTAR DA FORÇA em nosso mercado de home video também gerou grandes expectativas. Afinal, a Disney anda muito desleixada com seus títulos em Blu-ray no Brasil, e havia o temor de que isso se repetisse com o primeiro filme da franquia STAR WARS por ela distribuída. Felizmente o pessimismo de muitos não se confirmou, e a Disney, além de preservar a alta qualidade técnica do lançamento internacional, também disponibilizou o filme por aqui em diferentes edições: plataformas digitais, DVD e Blu-ray (faltou apenas uma edição 3D, prometida para o fim do ano). Em Blu-ray recebemos três versões: BD simples apenas com o filme, BD com um segundo disco adicional para os extras e uma segunda edição do BD duplo onde o tradicional estojo Amaray azul foi substituído por um bonito (e, por aqui, raro) steelbook, tendo na capa uma imagem do personagem Kylo Ren e o título em relevo do filme, similar aos das trilogias anteriores que a Fox já lançou no Brasil em 2015. Dentro, vemos uma imagem da nave Millenium Falcon em sua fuga por Jakku. Por ter uma embalagem diferenciada, esta edição, por nós comentada, custa mais caro que as demais – R$ 99,90 – mas certamente agradará aos colecionadores nacionais. Nela, apenas um pecado foi cometido: as informações técnicas da edição foram coladas na capa de trás do steelbook, tapando praticamente metade da arte que representa a Capitã Phasma (pelo menos o adesivo é fácil de retirar). Outros detalhes a observar é que não há encarte interno, e apesar de o estojo steelbook ser importado, ele não tem encaixe para um terceiro disco como a edição norte-americana, que além dos dois BDs também inclui um DVD. Ao colocarmos qualquer um dos dois discos, não há trailers de outros lançamentos: surge uma imagem do droide BB-8, com a opção de escolha de idioma, e após a seleção seguimos direto aos menus animados, que são bem simples e fáceis de navegar, com os comandos dispostos de forma horizontal na parte de baixo da tela. Curiosamente, em nenhum local aparece o nome do filme.

sw6

Quanto ao filme em si, diferentemente do que aconteceu com os dois mais recentes (ATAQUE DOS CLONES e A VINGANÇA DOS SITH), O DESPERTAR DA FORÇA foi rodado em película 35mm (com uma sequência em IMAX), e portanto preserva, em sua transfer AVC MPEG-4 na constante proporção de tela 2.40:1, uma agradável aparência fílmica. Há uma (bem) leve granulação, e as cenas diurnas são deslumbrantes, com cores perfeitamente saturadas, tons de pele naturais, níveis de detalhes e texturas exemplares, e brilho e contraste excelentes. Danos de película, sujeiras ou anomalias digitais como aliasing, banding e artefatos inexistem. Já as cenas noturnas, como o ataque inicial à vila de Jakku e parte da batalha final, além de cenas de interiores no Star Destroyer ou quando Kylo Ren encontra-se com o Líder Supremo Snoke, poderiam ser menos escuras, e inclusive apresentam perda de shadow detail em alguns momentos. Mas de modo geral, dentre todos os sete filmes da saga, O DESPERTAR DA FORÇA indiscutivelmente é o que tem a melhor apresentação visual em home video.

sw7

O filme ganhou uma mixagem Dolby Atmos para ser exibido em cinemas selecionados, porém em Blu-ray o áudio original recebeu “apenas” uma faixa lossless DTS-HD MA 7.1, o que poderá decepcionar àqueles (atualmente, ainda não muitos) que já fizeram o upgrade para equipamentos capazes de codificar este novo formato de áudio. Tirando esse detalhe, temos aqui uma das melhores faixas sonoras já ouvidas em Blu-ray, com todos os canais perfeitamente balanceados e onde diálogos, música e efeitos não disputam entre si para ver quem se sobressai. A trilha sonora do veterano John Williams é reproduzida com grande envolvimento e fidelidade, os diálogos soam claros e inteligíveis em qualquer circunstância (esteja o personagem usando máscara ou não), nos momentos de ação os efeitos sonoros de naves, blasters, explosões ou sabres de luz são límpidos e impactantes, com dinâmica direcionalidade surround, e há um agradável senso de imersão nas cenas mais calmas, com o emprego de sons ambientais. Além da faixa lossless 7.1 em inglês, temos dublagens em português, espanhol, francês e outros idiomas, todas em Dolby Digital 5.1. As legendas estão disponíveis também nesses idiomas.

sw12

EXTRAS
Nossa edição dupla de O DESPERTAR DA FORÇA recebeu um disco específico para o material suplementar, que em conteúdo é idêntico ao das edições internacionais. Nada é muito profundo, funcionando principalmente como material de divulgação da produção (sem trailers e comerciais, contudo). Possivelmente teremos mais um conteúdo significativo em futuros relançamentos, quem sabe na versão 3D ou em Ultra-HD BD (4K), mas por enquanto temos o seguinte, em alta definição e com legendas em português:

sw8

  • Segredos de O DESPERTAR DA FORÇA: Uma Jornada Cinematográfica (69 min.) – Principal extra do disco, este documentário dirigido pelo especialista Laurent Bouzereau é dividido em quatro partes, que podem ser assistidas em sequência ou separadamente. Basicamente é um making of do filme, que inicia na pré-produção e termina com a conclusão das filmagens. Há depoimentos dos principais integrantes da equipe e do elenco, e muitas cenas de bastidores interessantes. Mas ele poderia ser mais aprofundado, já que omite alguns problemas que a produção enfrentou, como a bastante noticiada fratura da perna de Harrison Ford ocorrida durante as filmagens;
  • O Despertar da História: A Leitura do Roteiro (4 min.) – Featurette dedicado à reunião do elenco para ler o roteiro do filme. Destaque para a leitura de Mark Hamill;
  • Criando Criaturas (9:30 min.) – Segmento dedicado às várias criaturas alienígenas feitas para o filme, destacando as vistas na “cena da cantina” do castelo de Maz Kanata e em  Jakku;
  • Construindo o BB-8 (6 min.) – Featurette sobre a criação do adorável droide BB-8, a partir do conceito criado pelo diretor e co-roteirista J.J. Abrams;
  • Diagrama de uma Batalha: A Luta na Neve (7 min.) – Aqui, vamos aos bastidores da criação da cena do duelo de sabres de luz entre Kylo Ren e Rey, filmada totalmente em um set dos estúdios Pinewood que reproduzia uma floresta nevada;
  • ILM: A Magia Visual da Força (8 min.) – Featurette dedicado aos efeitos visuais digitais criados pela Industrial Light & Magic, sempre indispensáveis apesar da intenção de J.J. Abrams empregar efeitos práticos sempre que possível;
  • John Williams: A Sétima Sinfonia (7 min.) – Como o título indica, este segmento é focado no trabalho do lendário maestro e compositor John Williams. E apesar de a trilha sonora original de O DESPERTAR DA FORÇA ser a mais fraca das que ele criou para a saga, é um grande prazer ver o octogenário compositor em ação, comentando seu trabalho e o filme;
  • Cenas Inéditas (4 min.) – Temos aqui uma seleção de seis cenas (não finalizadas) eliminadas da montagem final, que podem ser assistidas em sequência ou individualmente. Não acrescentariam nada importante ao filme;
  • Mudança na Força (3:30 min.) – Este segmento é uma homenagem aos milhares de fãs que fizeram doações à campanha de caridade Force for Change, criada pela Lucasfilm para angariar doações em dinheiro à UNICEF e outras causas humanitárias, nos últimos anos.

sw16

Jorge Saldanha

5 opiniões sobre “Resenha de Blu-ray: STAR WARS – O DESPERTAR DA FORÇA (Steelbook BR)”

  1. Lendo a resenha de vocês, eu resolvi esperar um pouco mais para pegar esse steelbook. Tomara que não se esgote pois, pagar essa quantia aí, não tá valendo muito não.

    E, oxe, eu esperava que o extra A Sétima Sinfonia tivesse mais de sete minutos… Extras sobre as músicas são tão bons. E quando eles são longos, melhor ainda.

    E poxa Jorge, a trilha não é fraca de todo. Mas é melhor que O Reino da Lua de Cristal :)

    E que venha a oitava (e a nona!) Sinfonia.

    Curtir

    1. Leandro, na verdade a trilha de Williams é um reflexo do próprio filme – muito material reciclado e pouca coisa nova relevante. Está longe de ser ruim, mas perde na comparação com qualquer uma dos seis filmes anteriores, ja que cada um trouxe pelo menos um par de novos temas memoráveis.

      Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s