Batman_CDMúsica composta por Danny Elfman
Selo: Warner Brothers Records
Catálogo: 9 25977-2
Lançamento: 08/08/1989
Cotação: *****

Injustamente ignorado na entrega dos prêmios Oscar de 1990, o score de Batman, do diretor Tim Burton, foi o primeiro trabalho de grandes proporções enfrentado por Danny Elfman, e no caso o mais satisfatório de todos. Elfman, que já havia trabalhado com o diretor em As Grandes Aventuras de Pee Wee (1985) e Os Fantasmas se Divertem (1988), teve sucesso ao lançar suas notas não somente no universo gótico desenhado pelo cineasta neste filme, mas também no obscuro e ambíguo perfil psicológico do Homem-Morcego.

Assim, à altura dessa (então) nova abordagem cinematográfica de Batman, Elfman criou uma partitura sombria, gótica, exuberantemente orquestral e repleta de referências às grandes trilhas sonoras de Hollywood – uma completa antítese, portanto, da linha seguida por Hans Zimmer na recente trilogia do diretor Christopher Nolan.

Os melhores momentos desta partitura são encontrados na desafiante e furiosa marcha que abre o CD (“The Batman Theme”, com reminiscências de Voyage to The Center of The Earth, de Bernard Herrmann – o ídolo de Elfman); “First Confrontation”, uma peça organizada ao redor de uma base rítmica orquestrada com cordas, piano e fagotes sobre a qual se desenvolve um motivo cromático que se reparte entre o resto dos instrumentos; “Batman to the Rescue”, que se apóia em um eficaz desenvolvimento do tema principal, com um importante papel a cargo da percussão e linhas descendentes para sopros e metais; “Roasted Dude”, um tributo ao Coringa onde a orquestra ri; no pausado mas tenso tratamento monotemático de “Bat Cave”; “Childhood Remenbered”, carregada de um efetivo clima evocador; “Attack of the Batwing”, outra faixa baseada no tema de Batman, com um final imperdível sublinhado por sinos; e “Waltz to the Death”, digna da lavra de um Johann Strauss com evidentes traços de psicose, que revela a extraordinária capacidade de Danny Elfman para interpretar a loucura.

Há que se destacar também o extraordinário desempenho da Sinfonia of London, que sob a regência de Shirley Walker (que até a sua morte, ocorrida em 2006, foi uma das principais e mais habituais colaboradoras de Elfman) interpreta esta música como se fosse uma das obras-primas da música de cinema – o que, na minha opinião, é. No mínimo, pode ser considerada um clássico moderno, ao lado de outras obras de compositores como John Williams e Jerry Goldsmith, e sem dúvida algo que o próprio Danny Elfman não conseguiu posteriormente igualar.

Em 2010 o selo La-La Land Records relançou este trabalho em um álbum duplo remasterizado trazendo tanto a versão completa do score ouvida no filme, como a anteriormente  lançada em CD, ambas agregadas de outtakes e versões alternativas. Sem dúvida, um item essencial para colecionadores e fãs de trilhas sonoras.

Faixas:

1. The Batman Theme (02:38)
2. Roof Fight (01:21)
3. First Confrontation (04:45)
4. Kitchen, Surgery, Face-Off (03:09)
5. Flowers (01:51)
6. Clown Attack (01:45)
7. Batman To The Rescue (03:57)
8. Roasted Dude (01:01)
9. Photos / Beautiful Dreamer (02:30)
10. Descent Into Mystery (01:32)
11. The Bat Cave (02:34)
12. The Joker’s Poem (00:58)
13. Childhood Remembered (02:42)
14. Love Theme (01:29)
15. Charge Of The Batmobile (01:43)
16. Attack Of The Batwing (04:46)
17. Up The Cathedral (05:06)
18. Waltz To The Death (03:58)
19. The Final Confrontation (03:49)
20. Finale (01:46)
21. Batman Theme Reprise (01:27)

Duração: 54:57

Jorge Saldanha

Anúncios