Frozen_CDMúsica composta por Christophe Beck, canções por Kristen Anderson-Lopez e Robert Lopez
Selo: Walt Disney Records
Catálogo: D001942202
Lançamento: 25/11/2014
Cotação: ***½

A animação Frozen: Uma Aventura Congelante já pode ser considerada um megassucesso do cinema: mais de 1 bilhão de dólares arrecadados nas bilheterias, o que o torna o décimo quinto filme de maior sucesso da história e vencedora do Oscar e do Globo de Ouro, entre vários outros prêmios. Um dos maiores atributos que contribuíram para tanto sucesso é certamente a música. Aqui, as canções ficaram a cargo do casal Robert e Kristen Anderson-Lopez e o score, sob a responsabilidade do compositor Christophe Beck. Não é nenhum exagero dizer que os três alcançaram seu maior sucesso comercial com esse longa, cujo álbum foi líder de vendas em vários países.

As animações da Disney sempre reservaram um papel protagonista para a música. Nas últimas décadas, por exemplo, nomes como Elton John, Tim Rice, Stephen Sondheim, Jerry Goldsmith, Phil Collins, Randy Newman, Hans Zimmer e, em especial, Alan Menken acumularam prêmios e indicações por trabalharem em filmes da casa. Para Frozen, uma animação que procura reviver o clima e a ambientação dos clássicos Disney, não poderia ser diferente. Dessa forma, sucesso de vendas à parte, o que se pode dizer das canções e do score?

Falemos primeiro do trabalho do casal Lopez. O álbum inicia-se com “Frozen Heart”, cuja função é estabelecer a ambientação do filme nos gelados países nórdicos. Um coro masculino é o responsável pela canção, que possui um clima relativamente mais sombrio em relação às outras músicas. Em seguida, temos a bela “Do You Want to Build a Snowman?”, o tema da heroína Anna. É uma bela canção, com uma letra docemente infantil, ainda que com toques de tristeza e dúvida ocasionado pelo afastamento da garota de sua irmã mais velha, Elsa e pela morte dos pais das duas. A terceira faixa é “For the First Time in Forever”, típica música-chiclete onde se destaca a interpretação vocal de Kristen Bell e, principalmente, de Idina Menzel, bem como a criativa orquestração.

O romance, característica inerente às animações da Disney, aparece na divertida “Love is an Open Door”. Diferentemente das dramáticas e famosas “Can you Feel the Love Tonight” (de O Rei Leão) e “A Whole New World” (presente em Aladdin), em Frozen o tema romântico de Anna e Hans é mais cômico e tem um quê de brega – o que pode ser uma alfinetada do casal Lopez com a forma como os romances eram retratados nas antigas animações da empresa.

Na sequência, um dos destaques do álbum: “Let it Go”, canção que ficou famosa por onde o filme passou, além de vencer o Oscar. Sua bela letra versa sobre a libertação da opressão que Elsa sofria por ter poderes de gelo, e é ajudada pelo belo acompanhamento, que mistura cordas, guitarra, bateria e piano. Porém, nada disso adiantaria sem uma intérprete à altura, e aqui Idina Menzel oferece uma performance poderosa e adequadamente épica. É uma canção difícil, porém a voz da cantora consegue alcançar as notas dos Lopez e ainda passa ao espectador todo o turbilhão de emoções que a personagem vive naquele momento.

O álbum prossegue com as divertidas e alegres “Reindeers are Better than People” e “In Summer”, além da reprise de “For the First Time in Forever”, que, contando mais uma vez com o dueto entre Bell e Menzel, consegue ser melhor que a original. A nona faixa é “Fixer Upper”, que contém uma letra cômica e engraçada, o que rende um dos momentos mais divertidos do longa. E, finalmente, para os créditos finais, temos a reprise de “Let it Go”, dessa vez a cargo de Demi Lovato, que infelizmente não consegue repetir o mesmo desempenho de Idina Menzel e transforma a canção num rock genérico.

Finalizada a parte das canções, podemos passar à análise do score de Beck, que tem suas qualidades mas também tem sua cota de problemas. Não estamos diante de um brilhante score para uma animação (a exemplo dos de Thomas Newman em Procurando Nemo, Michael Giacchino em Up e John Powell em Como Treinar seu Dragão, só para citar alguns exemplos recentes), mas é sem dúvidas um trabalho eficiente, acima da média do que Beck vinha entregando.

Um problema que pode ser notado na trilha é a falta de um tema principal marcante. Isso é compreensível, afinal, o compositor quis dar o destaque para as canções, porém seu score poderia ser ainda melhor se fosse mais marcante. Na realidade, o que temos são alguns motivos recorrentes, principalmente derivados das canções. Nesse quesito, a que melhor se incorporou à trilha instrumental é “Do you Want to Build a Snowman?”, cujas notas aparecem de forma particularmente marcante em faixas como “Epilogue”.

Beck, um compositor que começou na TV e no cinema é mais conhecido por comédias, contou com uma orquestra de oitenta músicos para entregar uma trilha suave e lírica, sem nunca ser dramática ou pesada demais. Destaca-se a bela orquestração, que traz um equilíbrio entre as cordas, os metais e as madeiras, além de sutis participações do coro. Aliás, equilíbrio é o que melhor se pode dizer desse score, que passa pelo drama, comédia e ação sem nunca pender demais para qualquer um dos lados.

Entre as faixas que se destacam, podemos citar a bela “We Were So Close”, que é conduzida principalmente por piano e cordas e possui um clima triste, bem como “Some People are Worthing Melting For”, que se inicia de forma melancólica até trazer motivos mais empolgantes a cargo de toda a orquestra. Faixas de ação de qualidade podem ser encontradas em “Summit Siege” e “Whiteout”, nas quais se destacam a interpretação dos metais e do coral.

A inclusão de instrumentação étnica, no caso desse filme, nórdica, é feita de forma sutil e não exageradamente, o que comprometeu o trabalho de Patrick Doyle em Valente, por exemplo. Porém, entre toda a música regional encontrada na trilha sonora, a melhor é certamente a peça “Vuelie”, interpretada pelo coral norueguês Cantus para a abertura do filme. Inspirada pela música tradicional Sámi, é um belíssimo tema para coro e uma escolha ousada para iniciar o filme. Sua melhor aparição se dá na faixa “The Great Thaw”, a melhor do score, na qual a orquestra e o coro executam esse tema de maneira grandiosa.

O segundo disco da edição especial do álbum pode ser interessante para os fãs do filme. Ele contém versões demo de algumas canções e faixas que, por alterações no roteiro, não chegaram a ser incluídas no corte final da projeção. Elas contam com a introdução de Robert e Kristen Anderson-Lopez, que contam um pouco sobre as canções, e incluem até mesmo participações das filhas do casal. Há também 13 novas faixas do score de Christophe Beck (destacando-se “Elsa Imprisoned” e “Hans’ Kiss”) e versões karaokê das canções. Estas últimas são interessantes justamente para que o ouvinte possa analisar a orquestração utilizada nas músicas, sem a interferência nas vozes.

A trilha de Frozen, embora não seja tão marcante quanto a de alguns clássicos da Disney, é eficiente e divertida o suficiente para manter o ouvinte entretido. Se este filme for um retorno da empresa à sua forma clássica de produzir desenhos animados, então, ao menos na parte musical, ele serve como um bom início da nova fase.

Faixas:

Disco 1

1. Frozen Heart (01:45) Cast – Frozen
2. Do You Want To Build A Snowman? (03:26) Kristen Bell
3. For The First Time In Forever (03:45) Kristen Bell
4. Love Is An Open Door (02:04) Kristen Bell
5. Let It Go (03:43) Idina Menzel
6. Reindeer(s) Are Better Than People (00:51) Jonathan Groff
7. In Summer (01:51) Josh Gad
8. For The First Time In Forever (Reprise) (02:29) Kristen Bell
9. Fixer Upper (03:02) Maia Wilson
10. Let It Go (03:44) Demi Lovato
11. Vuelie (feat. Cantus) (01:36) Frode FjellheimTracks 12-36 by Christophe Beck
12. Elsa And Anna (02:43)
13. The Trolls (01:48)
14. Coronation Day (01:14)
15. Heimr Àrnadalr (01:25)
16. Winter’s Waltz (00:58)
17. Sorcery (03:16)
18. Royal Pursuit (01:02)
19. Onward And Upward (01:54)
20. Wolves (01:44)
21. The North Mountain (01:33)
22. We Were So Close (01:53)
23. Marshmallow Attack! (01:42)
24. Conceal, Don’t Feel (01:07)
25. Only An Act Of True Love (01:05)
26. Summit Siege (02:32)
27. Return To Arendelle (01:36)
28. Treason (01:35)
29. Some People Are Worth Melting For (02:06)
30. Whiteout (04:15)
31. The Great Thaw (Vuelie Reprise) (02:28)
32. Epilogue (03:06)

Disco 2

1. For The First Time In Forever (Demo) (03:33) Kristen Anderson-Lopez
2. Love Is An Open Door (Demo) (02:02) Kristen Anderson-Lopez
3. We Know Better (Outtake) (04:04) Kristen Anderson-Lopez
4. Spring Pageant (Outtake) (03:09) Kristen Anderson-Lopez
5. More Than Just The Spare (Outtake) (03:25) Kristen Anderson-Lopez
6. You’re You (Outtake) (01:48) Kristen Anderson-Lopez
7. Life’s Too Short (Outtake) (03:52) Kristen Anderson-Lopez
8. Life’s Too Short (Reprise) (Outtake) (01:42) Kristen Anderson-Lopez
9. Reindeer(s) Remix (Outtake) (02:26) Robert LopezTracks 10-22 by Christophe Beck
10. The Ballad of Olaf & Sven (Teaser Trailer/Score Demo) (01:35)
11. Queen Elsa Of Arendelle (Score Demo) (00:42)
12. Hans (Score Demo) (01:20)
13. It Had To Be Snow (Score Demo) (01:17)
14. Meet Olaf (Score Demo) (02:01)
15. Hands For Hans (Score Demo) (00:48)
16. Oaken’s Sauna (Score Demo) (01:25)
17. Thin Air (Score Demo) (02:19)
18. Cliff Diving (Score Demo) (00:50)
19. The Love Experts (Score Demo) (01:02)
20. Elsa Imprisoned (Score Demo) (01:04)
21. Hans’ Kiss (Score Demo) (02:11)
22. Coronation Band Suite (Source Score) (01:31)
Tracks 23-27 by Kristen Anderson-Lopez
23. Let It Go (Instrumental Karaoke) (03:46)
24. For The First Time in Forever (Instrumental Karaoke) (03:46)
25. Love Is an Open Door (Instrumental Karaoke) (02:07)
26. In Summer (Instrumental Karaoke) (01:47)
27. Let It Go ((Demi Lovato Version) [Instrumental Karaoke])(03:45)

Duração: 128:35

Tiago Rangel

Enhanced by Zemanta