HOBBIT_EXT_3D_BDTHE HOBBIT: AN UNEXPECTED JOURNEY – Extended Edition
Produção: 2012
Duração: 182 min.
Direção: Peter Jackson
Elenco: Martin Freeman, Christopher Lee, Ian McKellen, Andy Serkis, Richard Armitage, Aidan Turner, James Nesbitt, Bret McKenzie, Cate Blanchett, Elijah Wood, Hugo Weaving, Lee Pace, Ian Holm, Graham McTavish, Mikael Persbrandt, Barry Humphries, Ken Stott, Conan Stevens, Sylvester McCoy, Jed Brophy, Jeffrey Thomas, Stephen Hunter, Renee Cataldo, JohnCallen, Peter Hambleton, William Kircher, Adam Brown, Mark Hadlow, Michael Mizrahi, RobinKerr, RyanGage, Ray Henwood, Benedict Cumberbatch, Manu Bennett
Vídeo 2D: 2.40:1 (1080p/AVC MPEG-4)
Vídeo 3D: 2.40:1 (1080p/MVC MPEG-4)
Áudio: Inglês (DTS-HD Master Audio 7.1), Português, Francês (Dolby Digital 5.1)
Legendas: Português, Inglês, Espanhol, Francês
Região: A, B, C
Distribuidora: Warner
Discos: 5 (BD 50GB)
Lançamento: 05/12/2013
Cotações: Som: ***** Imagem 2D: ***** Imagem 3D: ***** Filme: ***½ Extras & Menus: ***** Geral: ****½ 

SINOPSE
O primeiro em uma trilogia de filmes baseada no livro “O Hobbit”, escrito por J.R.R. Tolkien, O HOBBIT: UMA JORNADA INESPERADA acompanha o personagem-título, Bilbo Bolseiro, que – acompanhado pelo Mago Gandalf e 13 anões, liderados por Thorin Escudo de Carvalho – parte em uma jornada épica para reclamar o perdido Reino Anão de Erebor das garras do temível Dragão Smaug. A jornada os conduzirá por terras selvagens e traiçoeiras habitadas por Orcs, Trolls e Goblins, bem como por uma misteriosa e sinistra figura conhecida apenas como o Necromante. Ao longo do caminho, o modesto Bilbo descobre um lado seu muito ingênuo e mesmo corajoso, que surpreende até ele mesmo. Em uma caverna escura ele encontrará a criatura Gollum e seu “precioso” anel, no qual repousa o destino de toda a Terra-Média.

COMENTÁRIOS
Para nossa avaliação da versão de cinema de O HOBBIT: UMA JORNADA INESPERADA, clique AQUI. Quanto a esta edição estendida, a exemplo das similares da trilogia O SENHOR DOS ANÉIS, ela adiciona cenas adicionais ao corte original de cinema que aqui somam 13 minutos. A diferença é que, neste primeiro capítulo da saga de Bilbo Bolseiro, esse material faz ínfima diferença narrativa e pouco contribui para tornar a experiência mais (ou menos) divertida. Para aqueles que não são particularmente fãs da Terra-Média na visão de Peter Jackson, o resultado prático é que um filme que já tinha duração excessiva ficará ainda mais cansativo.

Muitas das novas cenas são pequenas inserções nas tomadas originais (como a do ataque do dragão Smaug à cidade de Vale, no início do filme), podendo até passar despercebidas aos menos atentos – inclusive a bizarra (e curta, felizmente) visão dos anões nus banhando-se em uma fonte de Valfenda. Há somente duas, mais longas, que realmente chamam a atenção: a primeira é um curioso número de canto e dança do Rei dos Goblins, e a segunda (a única que faz alguma diferença em termos narrativos) mostra Bilbo (Martin Freeman) e Thórin (Richard Armitage) ouvindo, sem querer, uma conversa privada entre Gandalf (Ian McKellen) e Elrond (Hugo Weaving).

9011_3

SOBRE O BD
Felizmente a “novela” da trilogia O SENHOR DOS ANÉIS não se repetiu no Brasil, já que Warner irá lançar por aqui, com apenas um mês de diferença, a edição estendida de O HOBBIT: UMA JORNADA INESPERADA, em discos com idêntico conteúdo e especificações técnicas do lançamento norte-americano. Por exemplo, este box que traz as versões normal e 3D da edição estendida possui cinco discos Blu-ray – um para a versão 2D, dois para a 3D e mais dois para os extensos Apêndices de produção. A grande diferença, mais uma vez, é na embalagem, que lá é um estojo elite preto e aqui é Digipack tamanho DVD – em ambos os casos, mantendo o padrão das edições estendidas de O SENHOR DOS ANÉIS. Tanto lá como aqui as embalagens são envoltas por luvas que incorporam uma imagem lenticular de Bilbo, que pelo menos na versão norte-americana é excelente.

hobbit 1

A exemplo do lançamento da edição de cinema, as transferências 1080p/AVC MPEG-4 (2D) e 1080p/MVC MPEG-4 (3D) de O HOBBIT: UMA JORNADA INESPERADA são de referência. A imagem, captada por câmeras Red Epic na proporção de tela 2.40:1, é sempre reproduzida de forma nítida e muito detalhada, de modo que percebemos as nuances e mínimos detalhes na vegetação e nos ambientes, sejam estes internos ou externos. O que surpreende, em razão do perceptível uso de filtros visuais em várias tomadas e das incontáveis composições de imagens ao vivo com criaturas e fundos criados em computação gráfica. Traços faciais, cabelos, barbas e trajes de personagens são alta e naturalmente detalhados. As cores vivas e variadas, brilho e contraste elevados, e pretos penetrantes ajudam a dar à imagem, mesmo em sua versão 2D, um grande senso de profundidade. A apresentação 3D, apesar de levemente mais escura que a 2D, mantém a elevada qualidade geral e a ela agrega uma imersão visual estupenda. Eventualmente coisas voarão em sua direção, mas o que Jackson realmente busca enfatizar é o envolvimento tridimensional, criando um realístico senso de distância entre objetos.

hobbit 3

Rivalizando com a excelência visual, a faixa lossless original em inglês DTS-HD Master Audio 7.1 levará seu sistema ao limite. Em momentos calmos, a mixagem nos traz sutilmente um extenso e detalhado palco sonoro. Ouvimos sons como o crepitar de uma fogueira ou os pingos d’água na caverna de Gollum com grande detalhe e definição. Já nas sequências de ação, os múltiplos efeitos sonoros nos chegam com envolvimento e distinção impressionantes – e mesmo nelas os diálogos permanecem limpos e inteligíveis. Os graves são massivos, poderosos, fazendo com que o ambiente trema durante as batalhas. A reprodução da empolgante trilha sonora de Howard Shore também emprega bastante as baixas frequências, e mesmo assim a orquestração de cordas e metais sempre soa clara, nítida. Os canais surround estão em atividade constante, reproduzindo música, criando sons ambientais (destaque para o eco na caverna de Gollum) ou nos envolvendo por todos os lados com ruídos de flechas, espadas e gritos de inimigos. Também aqui temos material de referência, que se sobrepõe às faixas sonoras comprimidas 5.1 em português e francês.

As opções disponíveis para legendas são português, inglês, espanhol e francês. Os interessantes menus animados, que nos levam a um passeio pela casa de Bilbo acompanhado pela trilha sonora do filme, estão apenas em inglês.

hobbit 4

EXTRAS
Quem já tem o BD com a versão de cinema poderá discutir a necessidade de adquirir uma nova edição que adiciona mais 13 minutos ao já longo O HOBBIT: UMA JORNADA INESPERADA. Mas para quem aprecia extras, esta é uma aquisição obrigatória porque agora, indiscutivelmente, temos disponíveis os verdadeiros making ofs do filme. Por mais interessantes que fossem os Video Blogs do lançamento anterior, são os novos Apêndices (que seguem a ordem cronológica dos disponibilizados nas edições estendidas de O SENHOR DOS ANÉIS), com aproximadamente nove horas de duração, que o levarão a mergulhar em cada detalhe da produção. Alguns poderão reclamar que o longa traz apenas uma faixa de comentários em áudio (na trilogia anterior eram quatro por filme), mas pelo menos dessa vez todos os vídeos estão em alta definição (1080p), com opções de legendas em português (como os menus estão apenas em inglês, deixei os títulos dos documentários em seu idioma original).

hobbit 5

  • Comentários em Áudio – Na versão 2D, o filme pode ser assistido com comentários do diretor e co-roteirista Peter Jackson e da co-roteirista (e esposa) Philippa Boyens, que proporcionam uma informativa discussão sobre a por vezes conturbada produção (entre outros problemas os atrasos, acarretados principalmente pela quebra da MGM, levaram o diretor original, Guillermo Del Toro, a abandonar o projeto). Praticamente tudo é abordado em detalhes pelo entusiasmado casal: os primeiros estágios de desenvolvimento e os desafios na escolha do elenco, a tentativa de incluir todas as facetas do livro de Tolkien na adaptação, o desenho de produção, etc. É uma excelente faixa de comentários, na qual o carinho que os realizadores possuem pelo material que receberam é explícito. Pena que não recebeu a opção de legendas em português;
  • New Zealand: Home of Middle-Earth (7 min.) – Único extra trazido do BD anterior com a edição de cinema. Jackson, com sua equipe, viaja pela visualmente diversificada e luxuriante Nova Zelândia, revelando as locações usadas para levar às telas a Terra-Média vista em O HOBBIT.

The Appendices Part 7: A Long Expected Journey

  • Introduction (2 min.) – Com alguns vislumbres do próximo filme, A DESOLAÇÃO DE SMAUG, Jackson convida os fãs a se aventurarem pelos Apêndices;
  • The Journey Back to Middle-Earth (48 min.) – Muitos depoimentos e cenas de bastidores documentam os primeiros estágios da produção (cenários, elenco, preparação dos atores, locações, etc);
  • Riddles in the Dark (17 min.) – As filmagens principais começam pelo memorável encontro de Bilbo (Martin Freeman) e Gollum (Andy Serkis), e neste segmento você acompanha os ensaios dos atores;
  • An Unexpected Party (25 min.) – Este capítulo é dedicado à cena inicial da visita dos anões à casa de Bilbo. Destaque para as modernas técnicas utilizadas para Gandalf (Ian McKellen) contracenar com os anões – com direito a um desabafo de McKellen, que permanecia quase todo o tempo em um cenário separado, na frente de um fundo verde;
  • Roast Mutton (17 min.) – O foco aqui é a cena com os Trolls;
  • Bastion of the Greenwood (11 min.) – O elenco e a equipe encontram o mago Radagast, O Castanho (Sylvester McCoy), e seus coelhos criados em computador;
  • A Short Rest (29 min.) – Ian McKellen (Gandalf), Cate Blanchett (Galadriel), Hugo Weaving (Elrond), Christopher Lee (Saruman), Ian Holm (velho Bilbo) e Elijah Wood (Frodo) preparam-se para retomar seus célebres personagens;
  • Over Hill (14 min.) – As dificuldades e desafios para a realização da sequência nas Montanhas Nebulosas;
  • Under Hill (19 min.) – Os efeitos práticos e o trabalho dos figurantes antes da aplicação dos efeitos visuais nas cenas da cidade dos Goblins;
  • Out of the Frying Pan (16 min.) – Bastidores da batalha final contra o Orc Azog (Manu Bennett) antes dos efeitos digitais;
  • Return to Hobbiton (19 min.) – Os bastidores de algumas cenas do Condado, exclusivas da edição estendida, mostrando o mercado dos Hobbits e a festa do velho Túk, onde Gandalf encontra pela primeira vez Bilbo, com quatro anos de idade;
  • The Epic of Scene 88 (8 min.) – O elenco e a equipe rodam a cena da perseguição dos Wargs e se preparam para outra filmagem em locação;
  • The Battle of Moria (11 min.) – Temos aqui os bastidores da realização do flashback que mostra a batalha dos Orcs de Azog e os anões liderados por Thrór;
  • Edge of the Wilderland (23 min.) – Entrevistas e cenas de bastidores marcam o encerramento das filmagens principais;
  • Home is Behind, the World Ahead (12 min.) – Acompanhamos o editor Jabez Olsen dando acabamento final ao filme, com direito a algumas prévias do que vem por aí.

hobbit 2

The Appendices Part 8: Return to Middle-Earth

  • The Company of Thorin (63 min.) – Muitas entrevistas e cenas de bastidores recheiam o mais longo documentário dos Apêndices, dividido em seis partes, que é dedicado a cada um dos anões liderados por Thórin;
  • Mr. Baggins: The 14th Member (16 min.) – O centro das atenções, aqui, é o personagem e a interpretação de Martin Freeman;
  • Durin’s Folk: Creating the Dwarves (57 min.) – O foco volta ser os anões, mas dessa vez o destaque vai para os membros da equipe que lhes deram vida;
  • The People and Denizens of Middle-Earth (58 min.) – Outro longo documentário, em quatro partes, dedicados em outras criaturas (Trolls e Goblins) e personagens (Radagast e Azog) do filme;
  • Realms of the Third Age: From Bag End to Goblin Town (59 min.) – Mais um documentário longo em quatro partes, que mostra a criação de locais e cenários da Terra-Média;
  • The Songs of The Hobbit (33 min.) – Nossa longa jornada pelos Apêndices chega ao fim com um segmento dedicado à criação / adaptação das canções ouvidas no longa.

Jorge Saldanha

Anúncios