Resenha: ARGO – Alexandre Desplat (Trilha Sonora)


argocdMúsica composta por Alexandre Desplat
Selo: WaterTower Music
Catálogo:  WTM39382
Lançamento: 09/10/2012
Cotação: **½

O francês Alexandre Desplat tende a ser o mais equilibrado dos grandes compositores do cinema atuais e em Argo ele foi na direção oposta, mas o efeito não foi dos seus melhores, como alguns diriam. O conjunto completo é um tanto caótico, refletindo o período de tempo e o pais da trama, o que é totalmente aceitável já que o filme trata de uma tentativa de resgate de reféns no Irã em 1979. Mesmo assim, a execução nos deixa uma sensação de que algo está faltando. Para começar, se eu fosse entregar esse trabalho a alguém, Desplat não estaria na minha lista. Isso porque, simplesmente, sua música tem a propensão de ser mais dramática do que tensa; uma vez que a corrida contra o tempo é o problema principal, outra pessoa deveria ter musicado este filme. Uma trilha sonora temporária que combinaria perfeitamente aqui seria a de  Harry Gregson-Williams para Spy Game (2001), e ele é um grande amigo do Sr. Ben Affleck. Portanto, a pergunta que se faria é: porque não Gregson-Williams? A resposta agora é completamente irrelevante, então vamos a uma análise mais factual.

Ao invés de seguir a linha de um filme de suspense psicológico e de ação, Desplat tentou seguir um caminho étnico e o resultado não é um dos seus “greatest-hits”. Poder-se-ia dizer que a música de Argo soa mais aventureira do que ameaçadora, e Alexandre Desplat deveria ter tentado algo semelhante à sua própria trilha para Syriana, que foi um grande trabalho durante todo o filme. De modo abrangente, a trilha sonora original de Argo tem seus momentos de brilho em “Scent of Death”, que inicia evocando muitas imagens dos bons filmes de espião dos anos 1970.

Mas então ele faz de novo, desmanchando tudo com drama excessivo; “The Mission” parece tirada de uma seleção de faixas rejeitadas do Titanic de James Horner. As coisas melhoram em “Hotel Messages”, onde tudo se combina e o resultado é fantástico; há sampling de voz e percussão iraniana genuína, trabalhando juntos com piano e cordas, em camadas que lembram claramente o estilo de Thomas Newman.

“Held Up By Guards” segue a mesma receita de camadas e dá esperança a um trabalho até aqui morno, que mostra qualidades próprias de thriller em “Drive to The Airport”, “Missing Home” e “Bazaar”, com seu clima de caos e ameaça latente. A conclusão é que o score de Argo falha em transmitir a sensação de tensão que os espectadores esperam, e é tão frustrante como ouvimos. Fora o criativo uso de sussurros como leitmotif e alguns momentos de claridade que lembram Thomas Newman, não há muito mais o que destacar.

Faixas:

1. Argo
2. A Spy In Tehran
3. Scent Of Death
4. The Mission
5. Hotel Messages
6. Held Up By Guards
7. The Business Card
8. Breaking Through The Gates
9. Tony Grills The Six
10. The Six Are Missing
11. Sweatshop
12. Drive To The Airport
13. Missing Home
14. Istanbul And The Blue Mosque
15. Bazaar
16. Cleared Iranian Airspace
17. Hace Tuto Guagua (performed by Familion)

Duração: 58:38

Atila Paton

5 opiniões sobre “Resenha: ARGO – Alexandre Desplat (Trilha Sonora)”

  1. Uma trilha inexplicavelmente lembrada em excesso nessa temporada de premiações, senão pelo prestígio (e onipresença) de Desplat no meio cinematográfico. Realmente o tema dramático do filme é lamentável e meloso até pedir chega, certamente um dos pontos mais baixos de sua carreira. Acerta quando usa percussão para transmitir urgência, mas no geral passa incólume pelo filme, se por acaso um pouco mais que isso se ouvida à parte das imagens que acompanha.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s