Resenha: TRON: UPRISING – Joseph Trapanese (Trilha Sonora)


TRON_uprising_CDMúsica composta por Joseph Trapanese
Selo: Walt Disney Records
Catálogo: D001405902
Lançamento: 08/01/2013
Cotação: ****

Joseph Trapanese pode ser considerado aquele sujeito que faz um tremendo trabalho, mas não aparece muito. Isso pode ser dito porque Mr. Trapanese trabalhou em Tron: Legacy desde o rascunho até o produto final, e arranjou a nova versão orquestral da canção “Extreme Waysde Moby para The Bourne Ultimatum, o que resume suas qualificações.

A razão para que Joseph Trapanese seja o cara que quase não aparece é um pouco incerta, mas o fato é que ele realizou um grande trabalho na mixagem e edição de Tron: Legacy, e foi chamado para uma função crucial no projeto da série de televisão animada Tron: Uprising. A diferença aqui é essencialmente a fonte: música para cinema tende a ser mais proeminente, já a música para a televisão tem a propensão de ser mais sintética e de fundo. De qualquer modo, Trapanese conseguiu destacar alguns momentos “balls-to-the-walls”, como diriam os norte-americanos.

Os fãs tecnicistas perceberão que toda a base estrutural de Tron: Legacy pode ser encontrada em Tron: Uprising, o que leva a um movimento contínuo em direção ao fluxo da história, de forma que o espectador possa evoluir da experiência anterior mas com aspectos, tons e músicas familiares. De certo modo Trapanese vai mais a fundo em Uprising, as melodias são mais brutas e as harmonias acabam sendo mais intrincadas e misteriosas, alguns poderiam qualificá-las como “espertas”. E mais, ele brinca bastante de esconde-esconde e melhora consideravelmente a dinâmica, tanto que aqueles que não apreciaram muito o score anterior poderão achar que este seria o do filme, e aquele o da série de televisão.

Trapanese pode ter buscado alguma inspiração na trilha de Terminator II de Brad Fiedel para as partes mais brutas e com um som mais cru, a fim de destacar eventos mais dramáticos especialmente através de notas e melodias graves.  Preste atenção a toda Scars Suiteespecialmente “Tron’s Promise”, “Tron’s Turn”, “Beck Betrayed” e “Revenge”, para chegar à sua própria opinião quanto à inspiração em  Terminator II. A conclusão final é que o score de Tron: Uprising é sincero e fundamentalmente melhor que o do filme, que já era um ótimo trabalho. Trapanese atingiu seu objetivo através de uma abordagem inesperadamente mais dramática e bruta.

Faixas:

1. Beck’s Theme – Lightbike Battle
2. Tesler Throwdown
3. Paige’s Past
4. Lux’s Sacrifice
5. Price Of Power
6. Rescuing The Rebellion
7. Dyson Drops In (Scars Suite)
8. Tron’s Promise (Scars Suite)
9. Tron’s Turn (Scars Suite)
10. Beck Betrayed (Scars Suite)
11. Torture (Scars Suite)
12. Revenge (Scars Suite)
13. Redemption (Scars Suite)
14. Goodbye Renegade
15. Compressed Space
16. Renegade’s Pledge – End Credits
17. Lightbike Battle (3OH!3 and JT Remix)
18. Inferno (Opiuo Remix)
19. Dyson (David Hiller Remix)
20. Rezolution(composed by Cole Plante)

Duração: 75:43

Atila Paton

Uma opinião sobre “Resenha: TRON: UPRISING – Joseph Trapanese (Trilha Sonora)”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s