Resenha: BLADE RUNNER (30TH ANNIVERSARY CELEBRATION) – Vangelis (Trilha Sonora)



Música composta por Vangelis, regravada por Edgar Rothermich
Selo
: BuySoundtrax
Catálogo: BSXCD-8917
Lançamento: 19/09/2012
Cotação: ****

À época do seu lançamento, o score de Vangelis para Blade Runner veio repleto de um romantismo místico, um senso de busca pelo Lar, tristeza, justiça pelas próprias mãos e desigualdade.

O senso de dever de Deckard é ofuscado principalmente por suas próprias dúvidas em relação aos Replicantes, questão que Vangelis teve de representar através de temas que soassem dúbios, acordes sobrepostos criando um senso de faixas “semi-polirrítmicas” e consequentemente evocando a ideia inconsciente de que algo mais estava acontecendo na tela.

Aqueles interessados nos aspectos técnicos, ainda que não que não sejam fãs de Blade Runner, tem uma oportunidade valiosa para comparar o original com o processo de engenharia reversa empregado por Edgar Rothermich neste álbum. Por outro lado, não espere algo inteiramente diferente, porque como as notas do encarte dizem, o objetivo nunca foi fazer uma trilha sonora baseada na original de Vangelis, mas regravá-la da maneira mais fiel possível.

Assim, não prenda a respiração, não há muito pelo que procurar nesta edição, ainda que por vezes você reconheça os temas mas perceba que eles estão levemente diferentes – e só. O trabalho de Rothermich em termos de engenharia reversa é admirável, ele fez uma gravação de 2012 soar o máximo possível como se tivesse sido lançada em 1982. E mais, ele foi capaz de compreender o que poderia ser considerado essencialmente como uma “falha” e o que é intencional de parte de Vangelis, fazendo com que fossem ouvidos exatamente como tal, ainda que Rothermich diga que não consiga distinguir uma coisa da outra.

Basicamente, esta gravação foi feita para músicos experientes com sintetizadores e que também conhecem a trilha sonora  original. As habilidades técnicas de Rothermich evitam o que poderia ser um esforço esquecível e garantem uma viagem lisérgica.

Um grande trabalho, este álbum atingiu completamente seu propósito.

Faixas:

1. Ladd Company Logo (John Williams)
2. Main Titles (Film Version)/ Prologue
3. Los Angeles, November 2019
4. Deckard Meets Rachael
5. Bicycle Raiders (Pompeii 76 A.D.) (Gail Laughton)
6. Memories Of Green
7. Blade Runner Blues
8. Deckard’s Dream
9. On the Trail of Nexus 6 (Tales of the Future)
10. One More Kiss Dear (Vangelis, Peter Skellern)
11. Love Theme
12. The Prodigal Son Brings Death
13. Dangerous Days
14. Wounded Animals
15. Tears in Rain
16. End Titles
17. Bonus Track: Main Titles (Album Version)

Duração: 71:51

Atila Paton

7 opiniões sobre “Resenha: BLADE RUNNER (30TH ANNIVERSARY CELEBRATION) – Vangelis (Trilha Sonora)”

  1. Pois é, interessante esta sua avalição. Pra mim foi um dos melhores trabalhos do Vangelis juntamente com Alexandre, o Grande.
    Pelas avaliações que li no Amazon a edição especial(3CD) veio faltando faixas e sendo assim, não dá pra considerar o lançamento como completo. Mas tive vontade comprá-lo.

    Curtir

  2. Os trabalhos de Vangelis para o cinema eram impecáveis. Não conferi “Alexandre”, mas espero que ao menos se iguale a “Carruagens de Fogo”, “1492 – A Conquista do Paraíso”, “Antarctica” e, claro, “Blade Runner”. Pois cada um desses filmes tem um tema brutalmente conhecido em qualquer canto do planeta.
    E pela descrição do track list aí em cima, parece que finalmente a OST de Blade Runner trará o ‘Main Title’ igual ao ouvido no filme.

    Glórias para Vangelis!

    Sucesso e Soundtracks para todos!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s