Resenha: O LEGADO BOURNE (Filme em Destaque)


O LEGADO BOURNE (The Bourne Legacy, EUA, 2012)
Gênero: Ação
Duração: 135 min.
Elenco: Jeremy Renner, Rachel Weisz, Edward Norton, Joan Allen, Albert Finney, Corey Stoll, Scott Glenn, Oscar Isaac, Stacy Keach, Sheena Colette, Nilaja Sun, Michael Chernus, David Strathairn, Oscar Isaac, Zeljko Ivanek
Trilha Sonora OriginalJames Newton Howard
Roteiro:  Tony Gilroy, Dan Gilroy
Direção: Tony Gilroy
Cotação****½

E o que parecia algo próximo de uma picaretagem, já que não se trata mais de uma adaptação de um livro de Robert Ludlum, nem mais conta com Matt Damon no elenco, acabou se tornando o melhor exemplar da série, desta vez com Tony Gilroy no comando (direção e roteiro) e Jeremy Renner mandando ver como mais um participante das experiências ultrassecretas do governo americano que dão origem a homens quase invencíveis numa luta corpo a corpo e em inteligência estratégica.

Antes de mais nada, O LEGADO BOURNE (2012) tem uma das melhores cenas de perseguição nas ruas da história do cinema. De ficar lado a lado com a de OPERAÇÃO FRANÇA, para citar um exemplo bem óbvio. Isso porque o filme, além de trabalhar muito bem com a montagem (a cargo do irmão John Gilroy, o mesmo de SALT), não é adepto da câmera tremida como a de Paul Greengrass, responsável pelos dois títulos anteriores da franquia. Além do mais, o diretor e roteirista já havia se mostrado habilidoso em thrillers, como visto em CONDUTA DE RISCO (2007). A diferença é que aqui a trama está mais a serviço da diversão.

O LEGADO BOURNE começa com Renner no Alasca, enfrentando o frio, os lobos e tomando umas pílulas coloridas. Aos poucos, o filme vai informando o que são as tais pílulas, à medida que também conhecemos um pouco do passado do protagonista. E como há mais ênfase nas experiências bioquímicas ministradas nos voluntários do programa, fica muito mais fácil para o espectador “comprar” as habilidades físicas e mentais do personagem.

Outro trunfo do filme é a presença gloriosa de Rachel Weisz no papel de uma cientista que sobrevive a um tiroteio ocorrido em seu próprio local de trabalho, não por acaso um espaço pertencente ao grupo que organiza o programa, liderado agora por Edward Norton. Aliás, vale destacar o excepcional elenco de apoio, que conta ainda com Stacy Keach, Albert Finney, David Strathairn, Oscar Isaac, Joan Allen e Zeljko Ivanek. A direção, a equipe técnica e o elenco fizeram de O LEGADO BOURNE o melhor filme de ação do ano.

Ailton Monteiro

Anúncios

5 comentários sobre “Resenha: O LEGADO BOURNE (Filme em Destaque)

  1. Pingback: Resenha: SKYFALL – Thomas Newman (Trilha Sonora) | ScoreTrack.net

  2. Pingback: Os indicados ao WORLD SOUNDTRACK AWARDS 2013 | ScoreTrack.net

  3. Pingback: Resenha: PARKLAND – James Newton Howard | ScoreTrack.net

  4. Pingback: Resenha de Filme: JASON BOURNE | ScoreTrack.net

  5. Pingback: Resenha de Trilha Sonora: JASON BOURNE – John Powell, David Buckley | ScoreTrack.net

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s