Música composta e regida por Alan Silvestri
Selo: Hollywood/Intrada
Catálogo: D001759402
Lançamento: 01/05/2012
Cotação: star_3

Os Vingadores, um dos fortes candidatos a maior blockbuster de 2012, já chegou e pelo jeito atendeu (e até superou) às altas expectativas da maioria dos fãs da equipe de super-heróis da Marvel. Após seus filmes solo, o diretor e roteirista Joss Whedon conseguiu reunir de forma competente e divertida Capitão América, Homem de Ferro, Thor e Hulk para enfrentar Loki e seu exército alienígena.

O acompanhamento musical da aventura ficou a cargo do tarimbado Alan Silvestri, que para Capitão América – O Primeiro Vingador, compôs uma das melhores (senão a melhor) trilhas sonoras do lote. Assim, a expectativa também era grande quanto à partitura musical que Silvestri criaria para Os Vingadores, e nesse aspecto não há, infelizmente, como ficar muito empolgado com o que ouvimos no score recém lançado em CD.

É bom frisar que o score de Os Vingadores não é ruim, e traz um tema interessante, heroico, e alguns momentos suficientemente inspirados, e funciona bem no filme. O tema principal começa com uma primeira metade de tom militarista que remete à S.H.I.E.L.D., a organização liderada por Nick Fury que é a responsável pela reunião dos super-heróis. Já a segunda metade do tema ganha um cunho mais heroico e empolgante, para representar a equipe dos Vingadores.

O problema é que, na audição isolada, os bons momentos, considerando os 75 minutos de duração do álbum, são escassos demais. O disco até começa bem com “Arrival” e “Doors Open From Both Sides”, porém as coisas não avançam no rumo que gostaríamos. Pelo contrário, a trilha segue com faixas de ação genéricas no típico estilo de Silvestri, que não são capazes de atribuir uma clara identidade musical ao filme. O que ouvimos simplesmente não tem a capacidade de empolgar e notam-se claramente falta de inspiração, de momentos mais épicos e até mesmo líricos. Em suma, falta mais beleza à trilha sonora de Os Vingadores.

Além disso, seria de esperar que Silvestri, que já tinha pronto o tema do Capitão América, criasse leitmotivs fortes para cada um dos outros super-heróis. Isso, porém, não aconteceu, e fora o tema principal e o do Capitão, temos algum material para a Viúva Negra, Loki e Tony Stark, porém nada que marque. Talvez isso tenha decorrido da falta de tempo para Silvestri criar um material mais diversificado e elaborado, mas o fato é que a maior parte da trilha parece ser constituída de sobras de obras anteriores (e superiores) do compositor, como Judge Dredd, G.I. Joe e o próprio Capitão América.

É uma pena, porque este trabalho possuía potencial para ser muito melhor, e isso transparece nas poucas faixas que se destacam, como “Helicarrier”, cujas orquestração poderosa e melodia temática remetem aos bons tempos do compositor; “A Promise”, que inicia com uma combinação suave de violão e cordas e progride para tons mais sombrios e sinistros; e “The Avengers”, ouvida nos créditos finais e que traz o tema principal do filme em sua forma mais completa e desenvolvida.

Houvesse mais faixas como as destacadas acima, The Avengers seria uma obra acima da média. No entanto ela não passa de mais um trabalho decente mas medíocre de Silvestri, comparável à – para deixar a discussão ao nível apenas da série da Marvel – decepcionante Thor de Patrick Doyle. Quem sabe em Os Vingadores 2 as coisas melhoram…

Faixas:

1. Arrival
2. Doors Open from Both Sides
3. Tunnel Chase
4. Interrogation
5. Stark Goes Green
6. Helicarrier
7. Subjugation
8.  Don’t Take My Stuff
9. Red Ledger
10. Assault
11. They Called It
12. Performance Issues
13. Seeing, Not Believing
14. Assemble
15.  Got a Ride
16. A Little Help
17. One Way Trip
18. A Promise
19. The Avengers

Duração: 75:17

Jorge Saldanha

Anúncios