Resenha: CAPTAIN AMERICA: THE FIRST AVENGER – Alan Silvestri (Trilha Sonora)


Música composta por Alan Silvestri
Selo: Walt Disney Records
Catálogo: D001387402
Lançamento: 19/07/2011
Cotação: ****

Capitão América: O Primeiro Vingador é o terceiro filme de super-heróis da Marvel a chegar aos cinemas este ano, e o que imediatamente precede o esperado Os Vingadores, do diretor Joss Whedon, que estreia em 2012. Fãs dos filmes de ação e de quadrinhos aguardavam com grande expectativa o longa dirigido por Joe Johnston (O Lobisomem), a mais ambiciosa adaptação do primeiro herói da Marvel – expectativa igualmente partilhada pelos colecionadores de trilhas sonoras, desde que foi anunciado que Alan Silvestri seria o responsável por seu score.

Também tinha expectativas, ainda que moderadas: afinal, se Johnston, o campeão do filme “quase bom”, há tempos nos devia algo realmente empolgante, os últimos trabalhos de Silvestri eram apenas sombras de trilhas memoráveis como De Volta Para o Futuro, O Predador e O Segredo do Abismo. Assim, até por serem moderadas, posso dizer que minhas expectativas foram totalmente satisfeitas, e se tomarmos por parâmetro apenas as adaptações da Marvel mais recentes, a partitura de Silvestri está em pé de igualdade, e sob alguns aspectos, é até superior às que na minha opinião fugiram da mediocridade geral reinante: X-Men: Primeira Classe (Henry Jackman) e Homem de Ferro 2 (John Debney).

Impossível resenhar este trabalho sem retornar a um tópico que é recorrente quando se comentam trilhas sonoras de filmes de (super) heróis: a necessidade de um tema forte, memorável, regra que John Williams, com seu “Superman Theme“, estabeleceu há mais de três décadas mas que muitos compositores (às vezes por exigência de seus diretores, às vezes por incompetência mesmo) teimam em ignorar. E essa necessidade no caso de Capitão América era ainda mais imperiosa; ainda que (felizmente) o filme não seja uma ultrapatriotada à la Michael Bay, o herói é um ícone norte-americano que se veste com as cores da bandeira, e seu acompanhamento musical teria que evocar não só heroísmo, mas também um patriotismo genuíno. Felizmente Alan Silvestri saiu-se bem na tarefa e o tema musical do Capitão América é o melhor surgido no gênero recentemente, traduzindo bem a essência do personagem.

Nascido na Segunda Guerra Mundial (onde se concentra a ação principal do filme), o Capitão América ganhou de Silvestri uma heróica marcha militar que remete àquele período, e que é perfeitamente integrada à trilha em faixas como “Captain America (Main Titles)”, “Captain America ‘We Did It'”, “Captain America”, “Triumphant Return” e “Captain America March” – esta última, uma interpretação completa do tema, está disponível apenas para aqueles que adquirirem a trilha via iTunes, mas você pode ouví-la na íntegra abaixo:

Assim como o filme faz suas homenagens à clássica aventura de Spielberg/Lucas Os Caçadores da Arca Perdida (que também se passava na Segunda Guerra), o tema principal de Silvestri segue linha semelhante à da icônica assinatura musical de John Williams para o herói Indiana Jones, e não faz feio numa coletânea que também inclua os temas de Superman (Williams) e Batman (Danny Elfman).

Obviamente que o tema do Capitão é o fio condutor do score, mas não é só isso que ele tem a nos oferecer. A ótima “Kruger Chase” é semelhante à trilha de Silvestri para Esquadrão Classe-A, e também remete a Judge Dredd, uma das melhores (e subestimadas) trilhas de ação do compositor. “Howling Commando’s Montage” igualmente é similar à de Esquadrão Classe-A, mas há faixas de ação que soam totalmente originais, como “Hydra Train”, onde se destaca o agressivo ritmo de cordas que acompanha os metais. Outro dos pontos altos do álbum é “Farewell to Bucky”, que comprova que Silvestri não domina apenas o material de ação, mas também é capaz de evocar momentos emocionais de tristeza e reflexão.

Dificilmente a trilha sonora Captain America: The First Avenger, que também inclui uma interessante canção à la anos 1940 do várias vezes oscarizado Alan Menken, algum dia vá alcançar a condição de um clássico no gênero; mas com seu tema brilhante e heróico, além de faixas de ação muito boas, se destaca na safra recente e tem a vantagem de ser daqueles trabalhos que não se esgotam após algumas poucas audições. Após ele não seria de admirar se Joss Whedon escolhesse Silvestri para compor o score de seu Os Vingadores. Certamente não seria uma má escolha.

Faixas:

1. Captain America (Main Titles)
2. Frozen Wasteland
3. Schimdt’s Tresure
4. Farewell to Bucky
5. Hydra Lab
6. Training the Supersoldier
7. Schmidt’s Story
8. Vitarays
9. Captain America “We Did It”
10. Kruger Chase
11. Hostage on the Pier
12. General’s Resign
13. Unauthorized Night Flight
14. Troop Liberation
15. Factory Inferno
16. Triumphant Return
17. Howling Commando’s Montage
18. Hydra Train
19. Rain Fire Upon Them
20. Motorcycle Mayhem
21. Invasion
22. Flight on the Flight Deck
23. This is my Choice
24. Passage of Time
25. Captain America
26. Star Spangled Man (Alan Menken)
27. Captain America March (iTunes)

Duração: 71:51

Jorge Saldanha

25 comentários sobre “Resenha: CAPTAIN AMERICA: THE FIRST AVENGER – Alan Silvestri (Trilha Sonora)

  1. Salve, Saldanha!

    Devo confessar verdadeiro fascínio pelas trilhas citadas em seu ótimo texto, mas devo confessar que, ao contrário de você, não me entusiasmei com a bonitinha, porém insossa demonstração colocada em sua postagem… Espero muito que o velho Alan Silvestri retome clássicos seus como os dos anos 80: na minha modesta opinião, com o ora mostrado (ainda não vi o filme para julgar o conjunto e talvez isto tenha sido o que mais tenha te impressionado), nosso amigo compositor ainda está longe daqueles “dias de ouro”!

    Um abraço e parabéns pela “patriótica” matéria!

    Curtir

  2. Obrigado pelos elogios Dilberto. Se compararmos o Capitão América de Silvestri às clássicas trilhas citadas, de fato ela empalidece. Mas não há como avaliar um trabalho desses sem enquadrá-lo na realidade atual, e daí ele cresce em função da abordagem clássica, “velha escola” do compositor. Isso deve ser aplaudido.

    Curtir

  3. Jorge, realmente em relação a safra de trilhas de super-heróis recentes, coube a Alan Silvestri rememorar a boa e velha partitura orquestral de outrora, com ótimas faixas de ação e com um tema marcante. É uma pena que nomes como James Newton Howard e Patrick Doyle, que tiveram suas oportunidades com Lanterna Verde e Thor, tenham se entregado ao tão difundido estilo Remote Control em suas partituras (ou sido obrigados pelos produtores/diretores).

    Tomara mesmo que o Silvestri seja chamado pelo Joss Wheldon. Seria muito bom ouvir, quem sabe, um The Avengers March.

    Melhor do que isso seria se o Spielberg tivesse sido chamado para dirigir Os Vingadores… aí a gente já sabe de quem seria a trilha, hehe!

    Curtir

  4. kkk um sonho muito bom!
    e sem falar q John Williams teria total liberdade de compor como quisesse, com Spielberg na direção. Sem pressão de produtores pra fazer uma música “mais atual”.

    Curtir

  5. Jorge,
    Também sou fã de várias trilhas de Alan Silvestri (vocês esqueceram de citar Forrest Gump e Náufrago, por exemplo, igualmente brilhantes) mas infelizmente não me empolguei com o conjunto desta obra, mesmo analisando-a num contexto mais atual. O próprio tema principal é pálido e pouco desenvolvido (acho que até a música de abertura dos Jogos Olímpicos de 1984, de mestre Williams, soaria melhor e com um toque “patriótico” mais empolgante…rsrs).

    Grande abraço !

    Gustavo

    Curtir

    • Gustavo, na resenha foram citadas apenas outras trilhas de ação de Silvestri – obviamente o compositor também tem outros ótimos trabalhos em outros gêneros. Abraço!

      Curtir

  6. Olha, não tenho ouvido uma trilha sonora decente nos últimos…. dez anos! Desde a trilogia “O Senhor dos Anéis” e “O Patriota”. O trabalho do Silvestri para “Capitão América” é digno de nota, é um tema patriótico e robusto, não tão memorável quanto “Superman”, mas a anos-luz de distância do padrão de mediocridade estabelecido por Hans Zimmer e seus genéricos.

    Curtir

  7. Pingback: Os Indicados ao IFMCA – The International Film Music Critics Association Awards 2012 | ScoreTrack.net

  8. Pingback: Resenha: THE AVENGERS – Alan Silvestri (Trilha Sonora) | ScoreTrack.net

  9. Pingback: Resenha: FLIGHT – Alan Silvestri (Trilha Sonora) | ScoreTrack.net

  10. Pingback: Resenha: IRON MAN 3 (SCORE) – Brian Tyler (Trilha Sonora) | ScoreTrack.net

  11. Pingback: Resenha: THOR – THE DARK WORLD – Brian Tyler (Trilha Sonora) | ScoreTrack.net

  12. Pingback: Perfil: ALAN SILVESTRI | ScoreTrack.net

  13. Pingback: Resenha: THE MONUMENTS MEN – Alexandre Desplat (Trilha Sonora) | ScoreTrack.net

  14. Pingback: Resenha: CAPTAIN AMERICA: THE WINTER SOLDIER – Henry Jackman (Trilha Sonora) | ScoreTrack.net

  15. Pingback: Resenha: NIGHT AT THE MUSEUM: SECRET OF THE TOMB – Alan Silvestri (Trilha Sonora) | ScoreTrack.net

  16. Pingback: Resenha de Trilha Sonora: AVENGERS – AGE OF ULTRON – Brian Tyler, Danny Elfman | ScoreTrack.net

  17. Pingback: Na Trilha: Quem salvará os Super-Heróis? | ScoreTrack.net

  18. Pingback: Resenha de Trilha Sonora: CAPTAIN AMERICA – CIVIL WAR – Henry Jackman | ScoreTrack.net

Deixe uma resposta para Gustavo Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s