Especial Dia das Crianças: AS 10 MELHORES TRILHAS PARA FILMES INFANTIS

Neste dia da criança, resolvi fazer um “Top 10″ das trilhas sonoras que considero mais importantes dos filmes infantis… não são necessariamente dos meus filmes favoritos, mas são das que considero que fizeram a diferença na análise final de seus respectivos filmes. Espero que gostem!

E aqui está o meu “Top 10″:

10 – Michael GiacchinoRatatouille: Giacchino é um dos melhores compositores do mundo hoje. Saído das trilhas para games, e descoberto por J.J. Abrams para a séries Alias e Lost, o compositor embarcou na Pixar para substituir John Barry na trilha sonora de Os Incríveis. Com um trabalho soberbo, ele então foi convidado a assinar o score de Ratatouille, o adorável filme sobre um ratinho francês que sonha em ser chef de cozinha. Inspirado por Henry Mancini e John Williams (na época que ainda assinava como Johnny), Giachinno dá a Ratatouille o charme necessário que o filme precisa para se tornar uma adorável obra prima. Misturando jazz com a originalidade da música francesa, a trilha deste magnífico filme é uma obra prima, que deu ao compositor sua primeira indicação ao Oscar em 2008.

9 – Jerry GoldsmithMulan: Como todos sabem Jerry Goldsmith foi um dos maiores compositores de toda a história do cinema – famoso por trilhas sonoras de ação e muito suspense (O Planeta dos Macacos, Rambo, Star Trek e claro, A Profecia e Poltergeist), ele surpreendeu todo mundo ao assinar a trilha sonora do filme de animação de 1998 Mulan, dando uma alma que o filme definitivamente não teria sem a trilha do mestre. Uma obra prima, impecável, que molda a alma dos personagens da animação e deu ao Jerry sua ultima indicação ao Oscar em 1999.

8 – John PowellComo Treinar O Seu Dragão: Confesso que embora competente, não achava John Powell um compositor que realmente fazia a diferença… até ver Como Treinar O Seu Dragão, a obra prima da Dreamworks baseada nos best sellers de Cressida Cowell, que conta a história da amizade de um jovem viking e um dragão arisco mas de excelente coração. A trilha é um tour de force – enérgica, inteligente, emotiva e radiante, John Powell expressa através da música celta todos os sentimentos entre Soluço e Banguela de modo genial. E a cada cena temos uma nova surpresa. Por este trabalho, Powell levou sua primeira indicação ao Oscar em 2011.

7 – George Bruns e Irmãos Sherman – Aristogatas: Embora não tenha sido indicado à nenhum Oscar, é impossível não perceber a importância das canções e da trilha no filme. As canções assinadas pelos Irmãos Sherman (que venceram o Oscar por Mary Poppins) e a trilha do sempre excelente George Bruns (que foi indicado a 4 Oscars, incluindo Mogli e A Bela Adormecida), respiram, vivem e morrem pelo jazz, ao contar a história de gatinhos aristrocatas que são seqüestrados e acabam amigos de um gato boêmio que ama jazz, e dá um toque pitoresco à vida daquela família. A versão no final de “Everybody Wants to be a Cat” é soberba e faz do filme uma diversão absoluta.

6 – Alan Menken, Howard Ashman e Tim RiceAladdin: Este é um dos filmes mais importantes e queridos da história da Disney, e sua trilha venceu o Oscar, bem como a canção “A Whole New World”, que ainda foi o numero 1 da Billboard e venceu o Grammy de melhor canção do ano! Tudo isso com a trilha assustadora de Menken, que a compôs logo depois da morte de seu amigo Howard Ashman (que fazia as letras pras canções de Menken), mas que ainda tem algumas no filme (como “Arabian Nights” e “Friend Like Me”). Para completar as letras do resto das canções foi escalado o mestre Tim Rice (parceiro de Andrew Lloyd Webber, o maior compositor da historia da Broadway), que deu a “A Whole New World” a beleza que a melodia precisava para se tornar um hit. Com referências ao som da década de 30, misturado com o som árabe, a trilha de Aladdin é soberba e marcou Menken como o grande compositor da década de 1990.

5 – George Bruns inspirado no balé de Piotr Ilitch Tchaikovsky – A Bela Adormecida: Considerado pelo próprio Walt Disney (enquanto este era vivo, claro – morreu em 1965), o melhor filme feito na história do estúdio. E com razão: dos cenários, pintura, a história e até a adaptação de George Bruns para o balé de Tchaikovsky, tudo se completa, como se realmente estivéssemos vivendo em um conto de fadas. O trabalho de Bruns é magnífico – e a canção “Once Upon a Dream” é lembrada até hoje como um dos clássicos musicais infantis mais belos (com a colaboração do vencedor do Oscar Sammy Fain). Uma mágica trilha para um mágico filme que deu a Bruns uma indicação ao Oscar de melhor trilha sonora em 1960.

4 – Frank Churchill e Oliver Wallace – Dumbo: Considerado por muitos (inclusive por John Lasseter) o melhor filme da história da Disney, Dumbo ganhou o Oscar de melhor trilha sonora em 1942 juntando o que na época eram os dois grandes nomes da história da Disney – Frank Churchill (de Branca de Neve e Bambi) e Oliver Wallace (que na época assinava as trilhas de todos os curtas da Disney e que viria a fazer posteriormente trilha de filmes como Peter Pan, Alice no País das Maravilhas e A Dama e o Vagabundo), para criar a trilha sonora mais adorável do mundo para o elefantinho mais adorável da história do cinema. O filme que encantou multidões (e que foi o primeiro a tocar na ferida de pessoas excluídas), foi um tremendo sucesso e sua trilha sonora vendeu milhões de discos. Para ouvir, relembrar e se emocionar.

3 – Hans Zimmer, Elton John e Tim Rice – O Rei Leão: Dizer que O Rei Leão é um clássico é chover no molhado. O filme que quase não foi lançado (Jefrey Katzenberg, o atual dono da Dreamworks que na época era diretor artístico da Disney, achava que o filme seria um fiasco) se revelou um sucesso mundial (o que perdura até hoje com o relançamento do filme em 3D neste ano), conquistou o mundo com suas canções divertidas e belíssimas (de “Hakuna Matata” a “Circle of Life”), e deu a Hans Zimmer (responsável pelo score) o seu único Oscar de melhor trilha sonora. Elton John e Tim Rice também levaram os seus pela canção romântica do filme, “Can You Feel The Love Tonight”.

2 – Leigh Harline, Ned Washington e Paul J. Smith – Pinóquio: Cada vez que assistimos um filme da Disney, quando o mesmo se inicia, ouvimos uma canção instrumental que nos lembra algo familiar, belo e doce. A canção é “When You Wish Upon a Star”, maior clássico da história das canções de animações de todos os tempos e tema do filme Pinóquio, de 1940. O filme que foi um tremendo sucesso (mas por causa da canção), acabou levando 2 Oscars (melhor trilha e melhor canção) e ficou marcado na vida de Disney por ser o primeiro do seu estúdio a levar um Oscar (Branca de Neve ganhou um especial, mas apenas foi indicado em melhor trilha), o que mostrou desde então a importancia das trilhas nas animações mais do que em qualquer outro tipo de filme. Um marco inesquecível na vida de inúmeras gerações que ficará para sempre eternizado.

1 – Alan Menken e Howard Ashman – A Bela e a Fera: Este é, possivelmente o maior filme de animação da história – da trilha ao roteiro, da força dos personagens à indicação ao Oscar de melhor filme (quando ainda eram apenas cinco indicados e não existia categoria de melhor animação), tudo se encaixa como um clássico irretocável. O filme não tem músicas, ele é as musicas, onde sua história é contada através das mesmas. Na época a Rolling Stone afirmou: “o melhor musical da Broadway não está na Broadway, mas nas telas do cinema”. Com trilha de Alan Menken e letras de Howard Ashman (seria a sua ultima colaboração em um filme inteiro da Disney), Ashman foi o primeiro vencedor de Oscar póstumo por ter falecido de AIDS. E por mais que Deus tenha o tenha levado cedo, seu talento absurdo ficou para sempre eternizado, através das musicas de A Bela e a Fera.

Viviana Ferreira

About these ads

4 opiniões sobre “Especial Dia das Crianças: AS 10 MELHORES TRILHAS PARA FILMES INFANTIS”

  1. Dilberto eu amo demais esses filmes citados, inclusive a pequena sereia é a minha segunda animação favorita…mas quiz colocar um pouco de cada época para não parece injusta. Mas cada um tem seu top 10, esse é o meu, que fiz baseado na importancia de cada trilha nos filmes.
    Bjusss

    Curtir

  2. Concordo com a maioria dos filmes da lista, só mudaria a posição de O Rei Leão que deveria estar em 1º, adoro a Bela e a Fera, porém acho as músicas e principalmente a trilha sonora de Hans Zimmer muito mais belas e emocionantes, agradando gregos e troianos, e crianças dos 03 aos 99 anos!

    Curtir

  3. Amei as dicas! Parabéns pela publicação! Muito útil em temposa de “thu thu thu thu tha tha tha” de poucas opções para as nossas crianças…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s